Avançar para o conteúdo principal

Joaquim Oliveira: Um Caso de Policia!

100 milhões perdoados a Oliveira, 
e nós é que pagamos!



A Controlinveste vai ver a sua dívida bancária reduzida de 300 para 70 milhões de euros, no âmbito do plano de ‘salvação’ do grupo que controla o ‘Diário de Notícias’, o ‘Jornal de Notícias’, o desportivo ‘O Jogo’ e a rádio TSF, entre outros, revela o ‘Jornal de Negócios’.

O BCP e o BES, os dois grandes credores da empresa de Joaquim Oliveira, estão a negociar a reestruturação das dívidas, sendo que um terço do valor dos créditos, 100 milhões de euros, serão reconhecidos pela banca como perdas. Parte da restante dívida será convertida em capital, com cada instituição a ficar com 12% do grupo. Já Joaquim Oliveira deverá ficar com 25%, perdendo a maioria do capital da empresa que adquiriu em 2005 à Lusomundo, na altura controlada pela Portugal Telecom, por 300 milhões.

O restante capital, ou seja, 51%, ficará nas mãos de um novo investidor, que terá que injetar dinheiro no grupo. Este é, de resto, o ponto que falta para concluir o negócio. Apesar de vários empresários terem mostrado interesse no grupo, ainda nenhum meteu o cheque em cima da mesa. António Mosquito, que esta semana foi noticiado como o novo dono da Controlinveste, é apenas uma das possibilidades, sabe o CM. De acordo com o ‘Negócios’, o consórcio que ficar com a maioria da Controlinveste deverá contar com a presença de um investidor português, com ligações ao universo da comunicação social, uma pretensão da banca, que, desta forma, espera ter uma melhor aceitação política do negócio. (in CM)


E como esta sinistra figura, incrivelmente, nunca se dignou dar uma entrevista, resta-nos ouvi-lo nesta escuta... bastante elucidativa da sua personalidade e do seu carácter!



VIGARISTAS à Solta e nós é que pagamos! 

Paulo de Morais na RTP: BRUTAL

Partilhe este artigo

Anterior
Prev Post
Seguinte
Next Post
Comentários
11 Comentários

Comentários Blogger

  1. Se é um caso de polícia...

    Mas onde é que pára a polícia?

    A fazer escutas para saberem da vida dos outros para lhes conhecerem as telhas de vidro e mais nada!

    ResponderEliminar

  2. E NIMGUEM FAZ QUEIXA NA PGR ...

    ResponderEliminar
  3. não se pode fazer uma queixa anonima na policia judiciaria para investigarem este caso !..

    ResponderEliminar
  4. Fazer queixa no PGR, Judiciária e afins, não vale a pena porque não temos.
    E se temos...é tudo para prescrever...
    Por isso estamos na TRAMPA.

    ResponderEliminar
  5. alguém disse:


    Onde está, onde anda, o que faz ou que deixa de fazer o Ministério Publico, em suma as autoridades sobre estes cassos GRAVISSIMOS ???
    E o POVO a passar mal, a ROUBAREM aos que trabalham para depois OFERECEREM O NOSSO Dinheiro a gentalha desta ???!!
    Porque não agem as autoridades ???!!!

    ResponderEliminar
  6. De que serve fazer queixa à policia se esta também for corrupta?!

    ResponderEliminar
  7. continuo com sonhos recorrentes em que vejo claramente visto todo o nosso Portugal de norte a sul repleto de GRANDES FORCAS no meio de todas as rotundas que se semearam e, nessas FORCAS dependurados TODOS OS CANALHAS nos levaram ao fundo do poço.

    ResponderEliminar
  8. mais uma vergonha nacional que vai passar a historia. é mesmo um pais de corruptos.

    ResponderEliminar
  9. Benfiquista de Gaia14 junho, 2013 15:42

    Master Groove, já aqui comentei algumas vezes, até com outro nome, creio ter sido André Azevedo, sobre situações em Gaia e Porto, e aqui te deixo agora uma resposta minha, ao seguinte tópico no NGB, também relacionado com o Joaquim Oliveira e o Benfica:http://geracaobenfica.blogspot.pt/2013/06/o-alibi-perfeito-ou-uma-guerra-com-mais.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed:+Novogeraobenfica+%28NovoGera%C3%A7%C3%A3oBenfica%29

    Olá.

    Só para esclarecer alguns pontos, visto que já trabalhei tanto na PT, como na Zon e Sonae :

    1º - Fidelizações de 24 meses só são válidas em contratos de adesão residenciais, ou seja contratualizações iniciais de clientes residenciais, e em clientes profissionais, em caso de se verificar a mesma contratualização de adesão, ou renegociação de condições contratuais já em vigor.

    2º - Existem várias excepções legais, para a brecha contratual, previstas na lei.

    3º - A grande maioria dos clientes cabo e DTH(satélite) da Zon e Meo, tem fidelizações inferiores a 12 meses neste momento, sendo que existe uma franca parte do mercado que nem sequer tem fidelização, acima do mês em que enviar o pedido de rescisão.

    4º - Dentro da área cablada, ou seja excluindo a área DTH(satélite), que abrange mais de três quartos dos clientes actuais em território nacional, a Vodafone tem praticamente a mesma capacidade de fornecimento de serviços, que a Zon e Meo.

    5º - A Vodafone, como operador virtual (MVNO), é a fornecedora de rede móvel(telemóvel e banda larga móvel) da Zon, mas derivado da fusão entre a Zon e Optimus(prevista para Julho de 2013), já está a afastar-se da Zon, desde Outubro do ano passado.

    6º - A Vodafone Group plc é segunda maior multinacional de telecomunicações móveis, com mais de 439 milhões de clientes em mais de 70 países, entre operações maioritárias, minoritárias e parcerias, com uma capitalização de mercado de 104.52 biliões de euros.

    7º - A Vodafone tem provavelmente neste momento em Portugal as campanhas de adesão mais agressivas e competitivas, para serviços de 3play(tv+net+voz fixa) e 4play(tv+net+voz fixa+voz/net móvel), do mercado.

    8º - A Vodafone tendo a Benfica Tv, como exclusivo, teria todo o interesse na expansão da rede cablada nacional(que já agora, tem muito pouca margem para penetração rentável na percentagem habitante por quilómetro quadrado), e em ser o nosso principal parceiro internacional na comercialização da Benfica Tv, como canal codificado.

    ResponderEliminar
  10. Benfiquista de Gaia14 junho, 2013 15:43

    Portanto, imaginemos o cenário em que a Autoridade da Concorrência, e Comissão Parlamentar, permitem uma clara tentativa de cartelização de mercado por parte da Controlinveste, Zon e Portugal Telecom, com a exclusão total da Benfica Tv das suas plataformas.
    O Benfica tem apenas que repudiar a situação(como o está a fazer actualmente) publicamente, avançar para as diligências legais a nível das instâncias europeias, para ser ressarcido de perdas futuras, derivado de uma situação ilegal no espaço europeu, e negociar a Benfica Tv com a Vodafone(e também com a Cabovisão, para uma maior captação inicial de mercado), ainda para mais num ano que em temos a possibilidade de rentabilização adicional para empresas associadas, com o naming do estádio da Luz(caso seja gorada a hipótese Fly Emirates), camisolas e bancadas, assim como um bónus adicional no centro de estágio.
    Isto permitiria à Vodafone ter o claro controlo do mercado português de telecomunicações em cerca de 18 meses, com perdas residuais para o Benfica a curto prazo, e claramente bonificadas até 24 meses, sendo que quando rejeitou a hipótese de renovar por valores bem superiores aos actuais com a Sport Tv, a SAD do Benfica já contava ter que investir inicialmente(como foi o caso da aquisição da Premier League,de outros campeonatos atractivos, como é o caso do brasileiro, e a possível negociação futura com alguns clubes da Primeira Liga, para cederem à Benfica Tv os jogos com o Benfica no seu estádio) e apenas gradualmente(24 a 36 meses) atingir os valores que eram propostos pela Sport Tv.
    Todo este cenário traria perdas irremediáveis a nível de lucro para a Zon e Meo, assim como de imagem empresarial, dentro do mercado nacional, que representa perto de 100% da sua carteira de clientes, pois só a Zon tem participação de mercado na Zap, em Angola e Moçambique, assim como outra participação DTH(satélite) na Venezuela, sendo que a mesma é ainda residual no total de clientes, e ainda em clara fase de investimento, não de lucro.
    Ou seja, para terminar, não existe sequer a hipótese "álibi perfeito" colocada, e só seria possível o Benfica não sair beneficiado desta situação, em caso de conluio entre Luís Filipe Vieira, e/ou a Vodafone com, Joaquim Oliveira, a Zon e a Portugal Telecom, o que mais uma vez, poderia ser denunciado como tentativa de cartelização de mercado, por qualquer pessoa fora da direcção, ou SAD, do Benfica, recorrendo a instâncias supranacionais, dentro do contexto da União Europeia.

    Espero que tenha sido esclarecedor, e se acharem bem, promovam esta postagem a tópico, para melhor informar os benfiquistas.


    Uma resposta mais completa, envolvendo outros tópicos aqui: http://omeuslbenfica.blogspot.pt/2013/06/hoje-e-dia-de-debater-o-sport-lisboa-e.html

    Se tiveres pachorra, lê!

    Avante pelo Benfica!

    ResponderEliminar
  11. Conde de Vimioso15 junho, 2013 13:50


    Que merda de país

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares

Pinto da Costa ARRASADO na RTP

Júlio Machado Vaz e Rui Oliveira e Costa respondem à CALÚNIA (aqui) de Pinto da Costa: "O Benfica era o clube do fascismo".

Veja, no final do video, a brutal resposta ao pirralho do Guedes: "Tens sorte porque ganhaste em liberdade, mas se tivesses perdido também tinhas sorte, sabes?!"

Para que conste: o SLBenfica teve na sua direcção homens como Cosme Damião, Félix Bermudes, Manuel da Conceição Afonso, João Tamagnini Barbosa e Borges Coutinho, notórios democratas, homens de esquerda, sindicalistas e activistas. Em 33 presidentes da Direcção, o Benfica só teve 1 elemento ligado ao Estado Novo: Mário Madeira, mas e só depois de este ter deixado o cargo de governador civil de Setúbal.

No FCPorto é uma chusma deles ligados ao Fascismo! Presidentes da Direcção do FCP e em promiscuidade com cargos como deputados da União Nacional: Urgel Horta, Cesário Bonito, Ângelo Veloso; e ministro de Instrução: Augusto Pires de Lima. Para lá de outros pertencentes ao Fascismo Regiona…

António Oliveira faz denúncias GRAVÍSSIMAS

"Mário Figueiredo foi o único que tentou quebrar o totalitarismo do poder" - referiuAntónio Oliveira este domingo no Trio de Ataque.

Afirmou que Luís Duque está a prazo como presidente da Liga... "ele foi juntar-se à "pandilha" que continua a governar totalitáriamente e a mandar no futebol português, não deixando que o futebol passe desta pasmaceira, desta agonia".. disse.

Oliveira acusa a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa e várias empresas de, deliberadamente, terem boicotado os patrocínios à Liga de Mário Figueiredo.

O túnel da Madalena - O túnel da corrupção!

O túnel da “Madalena”, cujo início da construção data de meados da década de 80 do século passado, é uma cópia fiel, mas muito mais refinada, de um, bem mais antigo, o das Antas - esse túnel tenebroso onde se simulava a sodomização dos árbitros e que foi um altar de mêdo, boçalidade, coacção e violência.

Um túnel apetrechado com um sistema de fios condutores “com tecnologia de ponta”, onde todas as chamadas telefónicas partiam ou chegavam à cabine controleira de Giorgio.

Augusto Duarte e António Araújo, suspeitos aventureiros da noite, atravessaram-no, seguindo sempre, sempre em frente, e numa escuridão total, sem um único clarão, trouxeram do seu interior o envelope mágico, uma simples folha de papel que à luz do dia se transformou em cinco notas de quinhentos euros.

Jacinto Paixão, José Chilrito e Manuel Quadrado provaram no lusco-fusco desse túnel, os sabores de sexo oferecido, numa volúpia louca e corrupta de triste desfecho.

Martins dos Santos, ao palmilhá-lo com subserviência dur…

Calúnia é crime! Isto não pode passar em claro

Pinto da Costa na Afurada  11 Maio 2012"O Benfica era o clube do fascismo!"




A propaganda nazi sabia que “uma mentira repetida mil vezes se tornava verdade”. Era o que dizia o senhor Goebbels, o sinistro ministro da propaganda de Hitler. Pinto da Costa, há anos que lê da mesma cartilha e usa os mesmos métodos. Por exemplo, à força de repetir que o “seu” clube foi fundado em 1893, quando na verdade foi fundado apenas em 1906. (comprovar aqui - e no video)
O Sr. Pinto da Costa montou uma ficção e vive nela. Ao contrário dos rivais de Lisboa, que escolheram animais existentes para símbolo dos seus clubes (a águia e o leão), o Sr. Pinto da Costa inventou um animal mitológico e faz crer aos portistas que ele existe: um dragão! Ora os dragões têm referido repetidamente que o Benfica ganhava sempre no passado porque era “o clube do Regime”, e agora o seu Chefe chegou ao desplante de dizer que era “o clube do Fascismo”! A calúnia é crime, meus senhores, e o Benfica devia pôr um proc…

Amigos, é ainda PIOR !!

Afinal não era a troika, é o bando dos quatro: o cancro, o ministro, o corrupto e o pusilânime!

Agora sim, o quarteto está completo e não falta ninguém.. sim, nem a Judite de Sousa - aquela dos deveres conjugais, que privou o Seara (coitado) de assistir à final da Taça da Liga!. Mas que raio de benfiquista é este?!?
Adenda 1: Só falta mesmo o Pedro Proença! Adenda 2: Confirmação da noticia.

António-Pedro Vasconcelos: Rival ou inimigo?

Perante o silêncio cúmplice com que a Direcção do SCP e a maioria dos comentadores afectos ao clube de Alvalade acompanharam, nestes últimos anos, os castigos do processo do Apito Final e as absolvições do Apito Dourado, muitas vezes me tenho perguntado: será que já não há sportinguistas decentes, que não confundem o RIVAL com o INIMIGO?





Nestes últimos anos, depois de Dias da Cunha ter denunciado o SISTEMA e ter chamado os bois pelos nomes, a cumplicidade com o FCP por parte das direcções que se lhe seguiram (Filipe Soares Franco e, agora, Bettencourt) foi demasiado evidente: o inimigo era o Benfica e tudo o que servisse para atacar o Glorioso era bem-vindo, nem que para isso tivessem que pactuar com a batota e associar-se ao clube cujo presidente se gaba de ter deixado Bettencourt de mão estendida e lhes levou o Ruben Micael, o Moutinho e mesmo o treinador que eles julgavam que iam exibir este ano como um D. Sebastião: o Villas-Boas. E tudo o Porto levou!

A cumplicidade era tão gran…

Obra-prima de Talisca

Benfica 1-0 Rio Ave

Casagrande no programa de Jô Soares

"Quando cheguei à Europa, no dia em que me estreei pelo FC Porto, um jogador chegou ao pé de mim e avisou-me que ia jogar. Fiquei contente. Mas depois ele disse-me: ‘tens de passar ali atrás, que tem ali um negócio para usar’. Fui lá e usei. Usei umas quatro vezes. Era algo injetável no músculo. Dava uma disposição acima do normal".

Jô Soares: E controle anti-doping?
Casagrande: Não tinha!

Facebook

Etiquetas

Mostrar mais