Master Groove
Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

«Não estamos a falar de um jovem coitadinho. Estamos a falar de crimes! O resto é conversa»

O pirata informático Rui Pinto!
Desmontada a tese 'Robin Pinto dos Bosques'. Limpinho!
Debate: 'O Pirata Rui Pinto' (excerto de 15 min). Com Aníbal Pinto, ex-advogado de Rui Pinto; Manuel Rodrigues; André Ventura; prof. Rui Pereira.



Video:Play/Pause
"Não estamos a falar de um coitadinho. Estamos a falar de crimes cometidos por alguém extremamente inteligente, com meios e intenção de os praticar. O resto é conversa". (Manuel Rodrigues, ex-inspector da PJ)


Actualização: 5 Março 2019
Rui Pinto vai ser extraditado para Portugal
Hacker tinha pedido para que não enviassem de volta, dizendo que se tratava de "uma questão de vida ou morte"

«Nas Antas, até as mulheres dos dirigentes do FCP batiam nos árbitros»

Toda a verdade sobre as Antas - um altar de medo, coacção e violência! Nós temos memória


Arrepiante testemunho de alguém que, enquanto jornalista, fez cerca de 500 jogos no velho Estádio das Antas.

No célebre Porto 0, Benfica 2, (dois golos do César Brito), o árbitro Carlos Valente levou dois estalos da mulher do Reinaldo Teles, no túnel.



"O túnel das Antas - esse túnel tenebroso onde se simulava a sodomização dos árbitros e que foi um altar de medo, coacção e violência".

Casagrande confessa uso de Doping no FC Porto

Campeão Europeu 1987 confessa que o FC Porto o dopava. O ex-jogador indicia que havia uma prática continuada de dopagem no clube."Usei umas quatro vezes. Era algo injectável no músculo. Dava uma disposição acima do normal".
Jô Soares: E controle anti-doping?
Casagrande: Não tinha!

video..



Play/Pause
Em 1986, Casagrande transferiu-se para o futebol europeu, onde foi jogar pelo FC Porto. Participou na conquista da Taça dos Campeões Europeus 1987, até então, apenas o Benfica (duas vezes consecutivas) havia vencido o mais importante torneio europeu de clubes.

As perguntas cartilhadas do «Tampo Extra»

Quem selecciona as perguntas que são lidas no programa?




Video:Play/Pause
Certamente não são lidas todas as perguntas dos telespectadores. Gostaria de saber o porquê de escolherem perguntas em que, de forma depreciativa, é colocado um rótulo sobre as pessoas visadas e sobre o clube que representam? Se realmente as perguntas eram pertinentes, não seria mais correto e sensato omitir a parte do «cartilheiro», tendo em conta que em nada contribui para a questões colocadas?

Se eu enviar uma pergunta em que apelido um sportinguista de «bardamerda», «dragarto», «Al-Qochete Estado Lagartânico»!? Ou se, numa pergunta sobre o FCPorto, utilizar os termos: «fruteiros» «corruptos», «prostitutas», «cápsulas amarelas», «fuga pra Vigo», também vai ler a pergunta em directo? E se eu, por exemplo, apelidar o Rui Santos de «cartilheiro anti-Benfica», essa pergunta também será escolhida?

Por isso questiono as perguntas escolhidas as quais o único propósito de quem as enviou é denegrir o SLB e os seus adept…

É apenas o primeiro artista. Porque há mais artistas que vão cair!

Processo judicial nos EUA a decorrer para quem divulgou.
Mandado de Captura internacional para quem roubou.
E isto só está no início!



Fui uma das pessoas que blogues como o Artista do Dia tentaram ridicularizar e humilhar, escondendo a sua cobardia atrás do anonimato. Foi também este blogue um dos que mais usou, de forma criminosa, o produto do roubo dos emails do Benfica, o que levou o clube a apresentar uma queixa num tribunal dos Estados Unidos contra a Google.

Recentemente, a Google notificou o autor do blogue de que existe uma decisão desse tribunal para divulgar os seus dados ao queixoso. O que, convenhamos, é da mais elementar justiça, sobretudo para um indivíduo que nos últimos anos se entreteve a divulgar informação confidencial e a humilhar e perseguir pessoas a pretexto das suas preferências clubísticas.

A reacção deste artista é a reacção típica destes bravos da Internet que se escondem atrás do anonimato. Está assustado. Lembrou-se agora que tem emprego, filhos e família e …

Presunção de inocência para Ronaldo, Sempre! Mas, e para o Benfica?

IN DVBIO PRO REO ?


Excerto de um texto que circula nas redes sociais, no qual se defende Cristiano Ronaldo e se ataca Kathryn Mayorga, a alegada vítima de violação. Escolhi apenas a parte com a qual concordo, que diz respeito aos direitos e garantias do Estado de Direito Democrático.

IN DVBIO PRO REO. (Em caso de dúvida a favor do réu)

Não queria falar deste assunto, mas não consigo ficar calado. A "presunção de inocência" é um princípio do Estado de Direito Democrático. E pressupõe uma velha máxima: "Mais vale um duvidoso culpado em liberdade, do que um inocente na prisão". A inocência não tem de se provar, o que tem de se provar é a culpa!

O Estado de Direito não pode alinhar na especulação, no truncar de factos, no "disse que disse", no "consta que", em manipulação digital de imagens, etc, etc, que alimenta toda uma imprensa "vampira" a querer beber do sangue na arena só para facturar e servir interesses de grupos lobbísticos sem inte…

Vocês, no FC Porto, são trapaceiros e mentirosos. Como um vómito!

Intrujice à FCP - António Nicolau d'Almeida!?
Um "barrete" grosseiro, mas que vão enfiando a muitos papalvos desde 1989, há 29 anos.

José Monteiro da Costa, fundador do FCP em 2 Agosto 1906.
José Monteiro da Costa foi durante muitos anos honrado pelos portistas como seu fundador, entre 1906 e 1987, ou seja, durante 81 anos. Até que Pinto da Costa, intrujão, decidiu que o FCP tinha sido fundado em 28 de Setembro de 1893, por António Nicolau d'Almeida.



Passou o 2 de Agosto, dia da fundação do Futebol Clube do Porto e ao contrário do que aconteceu até 1988, não se ouviu, viu nem leu qualquer notícia acerca do assunto. Os dirigentes portistas (uns a vigarizar e outros, minoritários, envergonhados) e os media coniventes, por isso cúmplices, escondem uma história real de 112 anos para promover, (em 28 de Setembro) uma história virtual de 125 anos, acrescentando 13 anos iniciais (1893 - 1906) de vácuo, inexactidões, interpretações sem contexto e abusivas, sem nexo. Mas com pro…

Arrepiante! O futebol português nos anos 90

Época 1996/97, um FC Porto-Benfica emblemático do que era o futebol Português nos anos 90: os jogadores do FC Porto entretêm-se a agredir jogadores do Benfica sob total impunidade do árbitro António Costa que vê e nada faz... até que (finalmente) resolve expulsar alguém: um jogador do Benfica!

DÉCADAS DE TOTAL IMPUNIDADE DO FC PORTO, com a bênção da comunicação social. Arrepiante!







Siga-nos

Posts do momento

António Oliveira: O Benfica tem uma dimensão mundial muito grande

«As pessoas ofendem-se quando, pondo de parte o meu portismo, digo isto: O Benfica tem mais dimensão mundial que Porto e Sporting juntos»



Play/Pause
"O Benfica é um clube com uma dimensão mundial muito grande". António Oliveira, na RTP, 2012.
Novidade, apenas para os desonestos e aziados!

Arrepiante! O futebol português nos anos 90

Época 1996/97, um FC Porto-Benfica emblemático do que era o futebol Português nos anos 90: os jogadores do FC Porto entretêm-se a agredir jogadores do Benfica sob total impunidade do árbitro António Costa que vê e nada faz... até que (finalmente) resolve expulsar alguém: um jogador do Benfica!

DÉCADAS DE TOTAL IMPUNIDADE DO FC PORTO, com a bênção da comunicação social. Arrepiante!





Bastava o Jorge Nuno dizer-me: Este tem de ser limpo!

Bastava o Jorge Nuno dizer-me...
"O Jorge Nuno só me passou para a mão o nome dele: Ricardo Bexiga. E eu fiz o resto". Na altura diziam que havia câmaras lá no estacionamento e que iam investigar as filmagens... e ele muito baixinho: «Minha querida... as cassetes já foram destruídas há 3 dias!», revelações da ex-companheira de Pinto da Costa.





Play/Pause
Em 25 Janeiro de 2005, ao final da tarde, no Porto, o vereador de Gondomar Ricardo Bexiga é violentamente agredido na cabeça com um barrote e pontapeado por dois encapuzados.

«Nas Antas, até as mulheres dos dirigentes do FCP batiam nos árbitros»

Toda a verdade sobre as Antas - um altar de medo, coacção e violência! Nós temos memória


Arrepiante testemunho de alguém que, enquanto jornalista, fez cerca de 500 jogos no velho Estádio das Antas.

No célebre Porto 0, Benfica 2, (dois golos do César Brito), o árbitro Carlos Valente levou dois estalos da mulher do Reinaldo Teles, no túnel.



"O túnel das Antas - esse túnel tenebroso onde se simulava a sodomização dos árbitros e que foi um altar de medo, coacção e violência".

«Não estamos a falar de um jovem coitadinho. Estamos a falar de crimes! O resto é conversa»

O pirata informático Rui Pinto!
Desmontada a tese 'Robin Pinto dos Bosques'. Limpinho!
Debate: 'O Pirata Rui Pinto' (excerto de 15 min). Com Aníbal Pinto, ex-advogado de Rui Pinto; Manuel Rodrigues; André Ventura; prof. Rui Pereira.



Video:Play/Pause
"Não estamos a falar de um coitadinho. Estamos a falar de crimes cometidos por alguém extremamente inteligente, com meios e intenção de os praticar. O resto é conversa". (Manuel Rodrigues, ex-inspector da PJ)


Actualização: 5 Março 2019
Rui Pinto vai ser extraditado para Portugal
Hacker tinha pedido para que não enviassem de volta, dizendo que se tratava de "uma questão de vida ou morte"

Casagrande confessa uso de Doping no FC Porto

Campeão Europeu 1987 confessa que o FC Porto o dopava. O ex-jogador indicia que havia uma prática continuada de dopagem no clube."Usei umas quatro vezes. Era algo injectável no músculo. Dava uma disposição acima do normal".
Jô Soares: E controle anti-doping?
Casagrande: Não tinha!

video..



Play/Pause
Em 1986, Casagrande transferiu-se para o futebol europeu, onde foi jogar pelo FC Porto. Participou na conquista da Taça dos Campeões Europeus 1987, até então, apenas o Benfica (duas vezes consecutivas) havia vencido o mais importante torneio europeu de clubes.

As perguntas cartilhadas do «Tampo Extra»

Quem selecciona as perguntas que são lidas no programa?




Video:Play/Pause
Certamente não são lidas todas as perguntas dos telespectadores. Gostaria de saber o porquê de escolherem perguntas em que, de forma depreciativa, é colocado um rótulo sobre as pessoas visadas e sobre o clube que representam? Se realmente as perguntas eram pertinentes, não seria mais correto e sensato omitir a parte do «cartilheiro», tendo em conta que em nada contribui para a questões colocadas?

Se eu enviar uma pergunta em que apelido um sportinguista de «bardamerda», «dragarto», «Al-Qochete Estado Lagartânico»!? Ou se, numa pergunta sobre o FCPorto, utilizar os termos: «fruteiros» «corruptos», «prostitutas», «cápsulas amarelas», «fuga pra Vigo», também vai ler a pergunta em directo? E se eu, por exemplo, apelidar o Rui Santos de «cartilheiro anti-Benfica», essa pergunta também será escolhida?

Por isso questiono as perguntas escolhidas as quais o único propósito de quem as enviou é denegrir o SLB e os seus adept…

Olivedesportos «é um caso de polícia»

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) acusou nesta terça-feira a Olivedesportos de manter reféns os clubes e de os coagir para terem "determinados comportamentos", considerando ser já "um caso de polícia".

"Há uma força que coage, faz ameaças. Os clubes estão a ser coagidos para terem determinados comportamentos. Isto está a tornar-se um caso de polícia", disse Mário Figueiredo em entrevista à SIC Notícias.

O presidente da Liga de clubes culpou a Olivedesportos pelo movimento das equipas para destituí-lo, garantindo que os clubes estão reféns de uma força instalada que manda no futebol português há 30 anos e que apenas o Benfica se conseguiu libertar desta.

"Os 28 clubes que decidiram apresentar a queixa sofrem ameaças constantes, o que é um caso de polícia", reforçou, revelando que as equipas estão a sofrer agora as consequências da decisão de elegê-lo, uma eleição que foi, na sua opinião, a única verdadeiramente livre…

Foi Pedroto que criou o «caso Calabote»

FC Porto: Mestres da mentira! Gente sem vergonha que enxovalha tudo e todos!
Foi José Maria Pedroto que criou o «caso Calabote» em final dos anos 80 para responder a quem dizia que o FC Porto estava a ser escandalosamente beneficiado nos campeonatos nacionais de 1977/78 e 1978/79.



Durante 20 anos ninguém se lembrou de Calabote, porque nesse ano (1959) nada se passara e o FC Porto foi campeão. Em 1977, quando o Benfica começou a contestar os favores (descarados) ao FC Porto nesse campeonato de 1977/78, o treinador do FCP, José Maria Pedroto (tal como o jogador António Oliveira), respondiam sempre da mesma forma: "O que vocês queriam era o Calabote!".

E como já ninguém se lembrava do que se passara, foi fácil enganar as pessoas, até porque ele (eles) não diziam a que jogo se estavam a referir. 
Foram alguns - principalmente Pôncio Monteiro - que começaram a inventar, dando a entender que o Calabote beneficiava o Benfica em todos ou em muitos jogos: penáltis a favor e nenhum c…