Júlio Machado Vaz: Haja PUDOR - Master Groove
Avançar para o conteúdo principal

Júlio Machado Vaz: Haja PUDOR

O homem está a fazer uma das mais brilhantes épocas dos últimos 20 anos. E tiraram-lhe o Javi, Witsel, Nolito e Bruno Cesár! Queria ver qual o treinador que faria melhor. Lamento, mas não embarco na corrente! Apontar erros ao Jesus? Quem não os comete? No entanto, há erros muito mais graves e prejudiciais para a equipa, cometidos por outros dentro do Benfica, mas que ninguém os aponta!
Master Groove aqui )

Sobre este post, o comentário de JMV...


Meu caro Master,
Bem-vindo:)! De acordo, por isso escrevi antes e não depois. Quem "inventou" Matic? E Enzo Perez? E tentou inventar Melgarejo? E potenciou André Almeida? Repare que isto não traduz simbiose - não concordo com as substituições de Jesus nos dois últimos jogos, Roderick, por exemplo, nunca poderá ser "inventado". Mas haja pudor, substituir Jesus será um retrocesso claro. Abraço, Júlio Machado Vaz. aqui )

Partilhe este artigo

Anterior
Prev Post
Seguinte
Next Post
Comentários
3 Comentários

Comentários Blogger

  1. Meu "querido" Doutor Julio,
    permita-me tratá-lo assim, mas para além de um profundo rsspeito por sí, e orgulho por ser benfiquista, com certeza que quem está sempre a usar este termo o aceita igualmente. Vivo na mesma zona que o Dr. e sei o que é ser uma espécie de pária. Mas não tenho o seu nível a defender oO Gloriosos. Sou mais terra a terra. Mas desculpe que lhe diga: O JJ, bom treinador sim, não é treinador para os Grandes Momentos. Fez um magnífico trabalho no clube, estabilizou a equipa (apesar de ter cerceado a carreira a vários jovens promissores) mas já chega. Quero alguém sem medo para chegar aos momentos decisivos e nºao ter medo de arriscar. Alguém que esteja á altura do Clube e que saiba que "o passado" conta, e muito!

    ResponderEliminar
  2. Jorge Jesus, como toda a gente, tem méritos e deméritos. Isso é dos «livros» da condição humana!... Acho que o seu principal defeito é teimar em não ouvir ninguém, inclusive o experientadíssimo José Augusto. Teimar em Rodriguez não aceito; «queimar» escusadamente um muito promissor extremo, Melgarejo, não aceito; desprezar pura e simplesmente a realidade mais que confirmada que é Miguel Rosa, não aceito; e aí por diante. No entanto, tenho a total convicção de que Jorge Jesus se estivesse num país minimamente sério, que cumprisse dignamente as suas leis, teria certamente ganho tudo no Benfica, em Portugal. Reparem só neste pormenor, absolutamente expressivo e sugestivo: Há dias o Benfica veio publicamente manifestar-se contra as mentiras do clube às riscas, que até tenho nojo de mencionar o nome. Nessa manifestação chamou a atenção para o facto de este ano, quase no final da época futebolística, esse clube, apesar de ter na sua defesa os incríveis «sarrafeiros» que todos conhecemos, não tinha ainda sido punido com uma única grande penalidade. Coincidência das coincidências!!!... --logo na primeira oportunidade, enfim!, um árbitro resolveu marcar um castigo máximo aos corruptos, mas... quando já tinham a vitória garantida!!! Puxa!!!... Há trinta anos que os «alcapones» do norte vivem na mais miserável mentira, continuando impunes porque «souberam» rodear-se de «gente» tão reles como eles...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando em cima escrevo Rodriguez, quero referir-me ao Roderick, um jovem «feito» na formação do Benfica, mas que, infelizmente, nunca lhe atribuí valor para jogar nos seniores. Oxalá me engane.

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares

Manuel Queiroz apanhado a mentir é arrasado em directo

Para Manuel Queiroz (presidente do CNID - Clube Nacional Imprensa Desportiva), o jogo Marítimo-Benfica, da época 2015/16, "foi estranho e levantou logo suspeitas porque Fransérgio jogou a ponta de lança". Entretanto, já o programa ia a meio, Queiroz recebeu uma resposta surpreendente.

imagem fonte:zerozero


Nota: Ninguém fala das poupanças do Marítimo contra o SCP (5 titulares no banco) para poderem defrontar o Benfica na jornada seguinte. 400.000 euros explicam essa estranheza. Também ninguém fala das 5 derrotas do Marítimo nas últimas 6 jornadas desse campeonato... (Rui Faria)

Verdades que as 'Virgens ofendidas' do Sporting merecem ouvir

Telespectador aviva a memória das 'Virgens ofendidas' do Sporting.



O telespectador Eugénio Matos, esta manhã no Opinião Pública SIC Noticias, disse muito do que tem de ser dito aos sportinguistas: "Todos têm responsabilidades, mas há muita gente a querer tirar o cavalo da chuva" "Agora estes senhores sofrem todos de Alzheimer?"

Francisco J. Marques, os teus e-mails são meus

Francisco J. Marques, achas mesmo que tens o direito, a legitimidade, ou apenas a moralidade para usar a minha caixa de correio electrónico, e desatar a ler os meus e-mails num programa de TV? A sério? Então por que não fazes o mesmo com a tua caixa de correio electrónico?


hseneca@exameinformatica.pt
Francisco J. Marques, os teus e-mails são meus
Como não sou exibicionista, vou poupar pormenores sobre aquilo que se pode encontrar na minha caixa de e-mail profissional:

- Alguns e-mails de pessoas que me deram informação sob anonimato;

- Um ou outro secretário de estado; e penso que até um ministro antes de o ser;

- Pouco mais de uma dezena de mensagens onde descomponho alguém que me pareceu incompetente na hora de me dar informação e um pouco mais de uma dezena de e-mails em que essas pessoas justamente me retribuem na mesma moeda;

- Alguns poemas ridículos que me hão de envergonhar até ao último torrão de terra cair sobre o meu caixão;

- Cartas para os meus filhos e para a mãe dos meus…

«Exactamente. Fomos avisados pela própria Policia Judiciária»

FC Porto, 30 anos a ganhar à custa de expedientes irregulares.  Revelações da ex-companheira de Pinto da Costa



Quem é que avisou?
"Foi um elemento da Policia Judiciária, amigo do irmão de Reinaldo Teles"

"Ele [árbitro] foi pago para o Porto ganhar e o Benfica perder. E fomos campeões."

Confissão do ex-árbitro Jacinto Paixão: "É verdade que o FCPorto nos ofereceu raparigas como era habitual fazer.."

«Não dou nenhuma credibilidade à reportagem da SIC» Rui Gomes Silva

Em seis minutos Rui Gomes Silva desmonta a peça da SIC sobre corrupção desportiva.




Rui Gomes Silva analisa a reportagem da SIC assinada pelo jornalista Gonçalo Azevedo Ferreira. No programa O Dia Seguinte, Gomes da Silva começou por dizer categoricamente: "Com todo o respeito pela SIC, não dou nenhuma credibilidade à reportagem".