Avançar para o conteúdo principal

Um Senhor Jornalista!

No «Jornal das 9» pode ver-se o seu estilo incisivo, com a cordialidade que gosta de cultivar. Mesmo que seja o major Valentim Loureiro que em antena protagonizou com Crespo uma cena de pugilato verbal perante a elegância impávida do entrevistador. [vídeo no fim do post]
Foi, aliás, em defesa deste princípio que, diz, as portas do segundo canal se lhe fecharam quando, após um ano como director de um jornal, voltou à RTP: «O que era normal então, na RTP, era ser-se submisso com os detentores do poder».

O segundo regresso à RTP, depois de Washington, seria, no entanto, bem mais amargo. A visita do então primeiro-ministro António Guterres aos Estados Unidos foi o seu último trabalho como correspondente. Logo a seguir chegou a ordem da administração da RTP para voltar imediatamente a Lisboa. Era o culminar de um processo que se arrastava: «Muitas das peças que mandava não eram emitidas».
Mário e a administração entraram num período de litígio: «Puseram-me vários processos disciplinares». Foi encostado à prateleira e posto num edifício em frente à antiga sede na 5 de Outubro onde tinha um gabinete, mas nada que fazer. A RTP sempre foi célebre pelas suas prateleiras.

Num estado de espírito próximo da depressão, Mário Crespo telefonou ao então director de Informação e Programas da SIC, a pedir emprego. De um dia para o outro, o jornalista saldou as contas com o seu passado de quase 20 anos na RTP e o processo judicial que interpôs contra a empresa levou o tribunal, anos depois, a dar-lhe razão e obrigar a RTP ao pagamento de uma maquia perto dos 20 mil contos.
O «dossier» Crespo, durante esses anos, é para os dois lados da barricada um volume negro, para esquecer. Arons de Carvalho, o então secretário de Estado da tutela e deputado socialista, visado directamente pelas críticas, recusou sempre publicamente a ideia de que o jornalista tivesse sido vítima de censura.

Anterior
Prev Post
Seguinte
Next Post

10 comentários blogger

  1. E ainda há quem ingenuamente pense que a RTP - "televisão publica portuguesa" - é imparcial e democrática.

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  2. O aviso do major, que não voltará se for o Mário o entrevistador, revela bem, que os jornalistas são escolhidos a dedo, por esta gentalha!! Já agora, as perguntas, porque não?

    ResponderEliminar
  3. Sem discutir a, eventual, precisão da factualidade contida no texto uma coisa é certa o Crespo é uma Merdia...

    ResponderEliminar
  4. O Mario Crespo é sério e isso causa desconforto a muita gente por isso é perseguido

    Cumprimentos.

    ResponderEliminar
  5. É isso mesmo amigo Master! Eles querem escolher os entrevistadores e as perguntas.
    Máfia vergonhosa!

    Abraço.

    ResponderEliminar
  6. Ó anónimo das 11:00,

    Crespo é uma merdia?

    então que dizer de: Judite de Sousa, Júlio Magalhães, Bruno Prata, Luis Baila...etc etc...???!!!
    Estes já gostas, né?

    ResponderEliminar
  7. de acordo Master.
    quanto ao anónimo das 11,só deve gostar de gente sem rosto,se bem que aparecem com umas carinhas larocas no dia a dia,ou seja,anónimos como este.não viu concerteza o filme"os substitutos"
    bom ano 2011

    ResponderEliminar
  8. O Mário Crespo é um jornalista como muito poucos neste país, na Tv então, não há ninguem que chegue perto do seu nivel cultural e preparo para entrevistar seja quem for, os que apresentam os jornais da RTP SIC ou TVI são uns coitadinhos ao pé dele.
    Antonio Correia.

    ResponderEliminar
  9. Amigo Master, sem duvida um dos poucos, ou dos últimos que restam na imprensa que polula na ansia de agradaçar aos todos poderosos "senhorais" do poder.
    É um dos poucos que não tem medo de falar do lodaçal em que o país em geral se encontra e isso como tú muito bem escreveste causou-lhe alguns dissabores, mas para jornalistas como Mário Crespo haverá sempre lugar, seja ele onde for, " O que faz falta" são jornalistas (no verdadeiro sentido da palavra" sem medo de fazer frente ao poder instalado.

    ResponderEliminar
  10. Saudações ao grande JORNALISTA Mário Crespo! E tão atacado que tem sido, por ser aquilo que está em vias de extinção: o ser JORNALISTA! O que há agora são jornaleiros!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário



SIGA-NOS

Mensagens populares

«Não estamos a falar de um jovem coitadinho. Estamos a falar de crimes! O resto é conversa»

O pirata informático Rui Pinto! Desmontada a tese 'Robin Pinto dos Bosques'. Limpinho! Debate: 'O Pirata Rui Pinto' (excerto de 15 min). Com Aníbal Pinto, ex-advogado de Rui Pinto; Manuel Rodrigues; André Ventura; prof. Rui Pereira. Video:Play/Pause "Não estamos a falar de um coitadinho. Estamos a falar de crimes cometidos por alguém extremamente inteligente, com meios e intenção de os praticar. O resto é conversa". (Manuel Rodrigues, ex-inspector da PJ)

História da penhora do Estádio das Antas - José Gomes Ferreira

Esta é a parte da intervenção de José Gomes Ferreira que foi removida do vídeo que circula nas redes sociais!

Ricardo Araújo Pereira ARRASA Pedro Marques Lopes

o cronista mais bem sucedido do País Pedro Marques Lopes é o cronista mais bem sucedido do País. E as pessoas dizem: mas como, se ele não tem interesse nenhum? Acho que essa análise está mal feita. Ele não escreve bem? Escreve sim senhor! Por exemplo, eu lembro-me de uma crónica dele sobre o teatro, só não ganhou os jogos florais das Caldas porque ninguém a candidatou. (Ricardo Araújo Pereira, TVI24) Video:Play/Pause (não vale roubar o video, ok?)

Amigos, é ainda pior! O bando dos quatro

Afinal não era a troika, é o bando dos quatro:  o cancro, o ministro, o corrupto e o pusilânime! Agora sim, o quarteto está completo e não falta ninguém... sim, nem a portista Judite Sousa - esposa do pusilânime, aquela dos deveres conjugais que privou o Seara (coitado) de assistir à final da Taça da Liga! Mas que raio de benfiquista é este?!? NOTA: Convém sublinhar que este jantar foi no dia seguinte ao jogo Benfica-Porto no qual a arbitragem de Pedro Proença "roubou-nos" o campeonato para o FC Porto. Para o jantar de comemoração do título só faltou a presença de Proença no Gambrinus!

Posts do momento

«Não estamos a falar de um jovem coitadinho. Estamos a falar de crimes! O resto é conversa»

O pirata informático Rui Pinto! Desmontada a tese 'Robin Pinto dos Bosques'. Limpinho! Debate: 'O Pirata Rui Pinto' (excerto de 15 min). Com Aníbal Pinto, ex-advogado de Rui Pinto; Manuel Rodrigues; André Ventura; prof. Rui Pereira. Video:Play/Pause "Não estamos a falar de um coitadinho. Estamos a falar de crimes cometidos por alguém extremamente inteligente, com meios e intenção de os praticar. O resto é conversa". (Manuel Rodrigues, ex-inspector da PJ)

História da penhora do Estádio das Antas - José Gomes Ferreira

Esta é a parte da intervenção de José Gomes Ferreira que foi removida do vídeo que circula nas redes sociais!

Ricardo Araújo Pereira ARRASA Pedro Marques Lopes

o cronista mais bem sucedido do País Pedro Marques Lopes é o cronista mais bem sucedido do País. E as pessoas dizem: mas como, se ele não tem interesse nenhum? Acho que essa análise está mal feita. Ele não escreve bem? Escreve sim senhor! Por exemplo, eu lembro-me de uma crónica dele sobre o teatro, só não ganhou os jogos florais das Caldas porque ninguém a candidatou. (Ricardo Araújo Pereira, TVI24) Video:Play/Pause (não vale roubar o video, ok?)

Amigos, é ainda pior! O bando dos quatro

Afinal não era a troika, é o bando dos quatro:  o cancro, o ministro, o corrupto e o pusilânime! Agora sim, o quarteto está completo e não falta ninguém... sim, nem a portista Judite Sousa - esposa do pusilânime, aquela dos deveres conjugais que privou o Seara (coitado) de assistir à final da Taça da Liga! Mas que raio de benfiquista é este?!? NOTA: Convém sublinhar que este jantar foi no dia seguinte ao jogo Benfica-Porto no qual a arbitragem de Pedro Proença "roubou-nos" o campeonato para o FC Porto. Para o jantar de comemoração do título só faltou a presença de Proença no Gambrinus!