Mais Humilhante que a Derrota? - Master Groove
Avançar para o conteúdo principal

Mais Humilhante que a Derrota?

O SILÊNCIO DA DIRECÇÃO!

O reforço da segurança não foi suficiente para impedir que o autocarro chegasse com o vidro da frente partido, como se vê na fotografia. À chegada ao Estádio do Dragão foi atingido por bolas de golfe.





O guarda-redes espanhol Roberto foi este domingo atingido por uma bola de golfe, nos primeiros minutos da segunda parte do clássico entre o FC Porto e o Benfica, da 10.ª jornada da Liga. Já com os anfitriões a vencer por 3-0, Roberto foi visado por várias bolas de golfe, que o árbitro lisboeta Pedro Proença recolheu e entregou, posteriormente, ao quarto árbitro Rui Silva.
Entretanto, foi também lançada das bancadas uma galinha que percorreu o terreno de jogo e acabou por ser cercada e imobilizada pelos assistentes de recinto desportivo alocados … zona da baliza do Benfica, na segunda parte.
Durante este processo, em que o jogo esteve interrompido, o guarda-redes encarnado era assistido no relvado pela equipa médica do clube, acabando por permanecer em campo. (in a Bola)

Partilhe este artigo

Anterior
Prev Post
Seguinte
Next Post
Comentários
9 Comentários

Comentários Blogger

  1. Exigimos que a direcção do Benfica tome de uma vez por todas uma posição de força,se não temos que nos reunir e ir lá ás centenas falar com eles.Queremos que este ou outro presidente do Benfica defenda o Glorioso dando a vida se preciso.Estamos fartos de tótós...

    ResponderEliminar
  2. Se uma bola de golfe pode matar, com que cabeça é que os atletas se preparam para um jogo, sabendo que entre 50 mil espectadores, basta um para lhe tirar a vida?
    ISTO MAIS GRAVÍSSIMO SE TORNA, QUANDO FALAMOS DE UM CLUBE REINCIDENTE NESTA MATÉRIA.
    ..
    Afinal para que serviu o apoio a f.gomes?

    ResponderEliminar
  3. Se nao houver punicao aos Morcoes (e nao vai acontecer porque aos clubes grandes nada acontece - veja-se o diabo na Luz que agrediu o fiscal de linha) pergunto, o que acontece se por acaso quando vierem a luz o Helton tiver que ser substituido por levar com uma pedrada logo aos 2 ou 3 minutos?

    ResponderEliminar
  4. 100% de acordo.
    basta de amadorismo

    ResponderEliminar
  5. Absolutamente de acordo ou Vieira age (e não estou a falar de inócuos comunicados) ou então que ganhe vergonha e nunca mais abra a boca!

    ResponderEliminar
  6. Tem de haver uma tomada de posição sem dúvida, pois LFV ameaçou uma surpresa se o autocarro fosse apedrejado. Eu estou à espera!

    Abraço.

    ResponderEliminar
  7. Uma pergunta: E os advogados do Benfica, que fizeram nestes anos todos ao serviço do Clube?
    É que não se dá por eles.

    ResponderEliminar
  8. Não podia estar mais de acordo caro MASTERGROOVE. Confirmo, foi muito mais humilhante do que a copiosa derrota, nem há comparação. Uma derrota destas acontece, mas o orgulho benfiquista ferido ao máximo, não é fácil de acontecer... HUMILHANTE!!!! Fs.D.P.!!

    BENFICA SEMPRE!

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  9. Obrigado pelos comentários e concordando com todos eles, gostaria de destacar o assunto do Anónimo das 21:48.
    de facto seria interessante saber, nos processos em que o Benfica entrou, quantos casos ganharam?

    Abraços
    MG

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares

Manuel Queiroz apanhado a mentir é arrasado em directo

Para Manuel Queiroz (presidente do CNID - Clube Nacional Imprensa Desportiva), o jogo Marítimo-Benfica, da época 2015/16, "foi estranho e levantou logo suspeitas porque Fransérgio jogou a ponta de lança". Entretanto, já o programa ia a meio, Queiroz recebeu uma resposta surpreendente.

imagem fonte:zerozero


Nota: Ninguém fala das poupanças do Marítimo contra o SCP (5 titulares no banco) para poderem defrontar o Benfica na jornada seguinte. 400.000 euros explicam essa estranheza. Também ninguém fala das 5 derrotas do Marítimo nas últimas 6 jornadas desse campeonato... (Rui Faria)

Verdades que as 'Virgens ofendidas' do Sporting merecem ouvir

Telespectador aviva a memória das 'Virgens ofendidas' do Sporting.



O telespectador Eugénio Matos, esta manhã no Opinião Pública SIC Noticias, disse muito do que tem de ser dito aos sportinguistas: "Todos têm responsabilidades, mas há muita gente a querer tirar o cavalo da chuva" "Agora estes senhores sofrem todos de Alzheimer?"

Francisco J. Marques, os teus e-mails são meus

Francisco J. Marques, achas mesmo que tens o direito, a legitimidade, ou apenas a moralidade para usar a minha caixa de correio electrónico, e desatar a ler os meus e-mails num programa de TV? A sério? Então por que não fazes o mesmo com a tua caixa de correio electrónico?


hseneca@exameinformatica.pt
Francisco J. Marques, os teus e-mails são meus
Como não sou exibicionista, vou poupar pormenores sobre aquilo que se pode encontrar na minha caixa de e-mail profissional:

- Alguns e-mails de pessoas que me deram informação sob anonimato;

- Um ou outro secretário de estado; e penso que até um ministro antes de o ser;

- Pouco mais de uma dezena de mensagens onde descomponho alguém que me pareceu incompetente na hora de me dar informação e um pouco mais de uma dezena de e-mails em que essas pessoas justamente me retribuem na mesma moeda;

- Alguns poemas ridículos que me hão de envergonhar até ao último torrão de terra cair sobre o meu caixão;

- Cartas para os meus filhos e para a mãe dos meus…

«Exactamente. Fomos avisados pela própria Policia Judiciária»

FC Porto, 30 anos a ganhar à custa de expedientes irregulares.  Revelações da ex-companheira de Pinto da Costa



Quem é que avisou?
"Foi um elemento da Policia Judiciária, amigo do irmão de Reinaldo Teles"

"Ele [árbitro] foi pago para o Porto ganhar e o Benfica perder. E fomos campeões."

Confissão do ex-árbitro Jacinto Paixão: "É verdade que o FCPorto nos ofereceu raparigas como era habitual fazer.."

«Não dou nenhuma credibilidade à reportagem da SIC» Rui Gomes Silva

Em seis minutos Rui Gomes Silva desmonta a peça da SIC sobre corrupção desportiva.




Rui Gomes Silva analisa a reportagem da SIC assinada pelo jornalista Gonçalo Azevedo Ferreira. No programa O Dia Seguinte, Gomes da Silva começou por dizer categoricamente: "Com todo o respeito pela SIC, não dou nenhuma credibilidade à reportagem".