A-PVasconcelos responde aos leitores do MG - Master Groove
Avançar para o conteúdo principal

A-PVasconcelos responde aos leitores do MG


Caros amigos,
Fico subjugado com tantos comentários. Na verdade, eu não fiz nada de extraordinário: limitei-me a dizer aquilo que qualquer pessoa de bem pensa, perante escutas que foram, na altura, devidamente autorizadas por um juiz de instrução e que, inexplicavelmente (a não ser por intervenção de forças exteriores à justiça) não foram tidas em conta pelos tribunais civis e levaram à absolvição de todos os arguidos.

Ao contrário do que se passou na Justiça Desportiva, que agiu em conformidade com a Lei e o Estado de Direito (os arguidos, perante os indícios de crime, foram acusados por um instrutor e julgados pela Comissão de Disciplina, com direito a defesa e prova, para que se respeitasse o exercício do contraditório, e foram punidos dentro do que a moldura penal permitia), os tribunais civis desvalorizaram as escutas e o testemunho de Carolina Salgado e ilibaram os acusados.
O país inteiro que se interessa por futebol e que não está de má-fé, ouviu e confirmou o que há muito se suspeitava: que, durante anos, houve batota no futebol português e a intervenção ilegítima de um clube - o F.C. Porto - sobre a arbitragem e a disciplina.

Sou benfiquista desde que me fiz à vida, os meus filhos e netos são benfiquistas; e, para além da paixão clubista, que é irracional e inexplicável, o que o Benfica representa para mim, para além de festejar as vitórias e sofrer com as derrotas, é o exemplo como clube: um clube onde sempre houve eleições, um clube popular mas que atravessa todas as classes sociais, que tem adeptos em todos os países e em todos os cantos do Globo, que sempre foi um exemplo de democracia e de liberdade, e que soube correr a tempo com os que quiseram desviá-lo dos seus princípios, como foi o caso, de má memória, de Vale e Azevedo.

Uma coisa eu tenho por certa, e por isso me surpreende e me indigna a atitude dos que condenam a divulgação das escutas e não o que lá se ouve: se, algum dia, um presidente do meu clube ou alguém em seu nome, dissesse ou fizesse metade do que se sabe agora que foi dito e feito pelo presidente do F.C. Porto e pela sua entourage, eu pedia a sua demissão e não descansava enquanto ele não se demitisse.

E a razão porque me orgulho de ser benfiquista, é que tenho a certeza que a esmagadora maioria dos benfiquistas pensa e faria como eu. Assim como sei que nunca, por mais razões que tivesse para isso, o Benfica se comportaria como se comportaram, nestes últimos anos, e continuam a comportar, alguns adeptos do F.C Porto (friso o "alguns", porque conheço imensos portistas do Norte, que são gente de bem, cordata e pacífica), quando a nossa equipa vai jogar ao seu estádio. E não falo de alguns energúmenos espontâneos, que os há em todos os clubes. Falo dos que agem em bandos organizados, perante o silêncio e mesmo a cumplicidade dos seus dirigentes. E se os imitassem, estou certo que seriam repudiados pela direcção e pela maioria dos benfiquistas. É isso que nos distingue, e é por isso que o Glorioso é, para mim e para os meus filhos e netos, uma paixão e um exemplo.

Saudações Benfiquistas.

António-Pedro Vasconcelos, in MasterGroove

Partilhe este artigo

Anterior
Prev Post
Seguinte
Next Post
Comentários
22 Comentários

Comentários Blogger

  1. Parabéns Master pela iniciativa que como se comprova pelo nº de comentários foi um sucesso e espantou o próprio A-PV.
    Foi uma resposta simpática dum grande benfiquista.
    Felizmente ele agora já conhece a Gloriosasfera (se é que não conhecia já). Esperemos que esta situação faça com que defenda ainda com mais determinação o Glorioso.

    Abraço.

    ResponderEliminar
  2. caro António

    Deixe-me discordar de si num ponto,aquele em que diz que não fez nada de extraordinário, fez, fe, e sabe porquê? Porque há 10/15 anos quando a vigarice estava no seu auge (os Calheiros, os Guímaros, Os Pratas, o guarda Abel), ninguém se atrevia a chamar os bois pelos nomes. Nunca mais me esqueço o que aconteceu a um profissional da RTP, chamado Rui Tovar, que depois de uma entrevista ao Sr. Costa (mais conhecido por Pinto da Costa), foi encostado numa prateleira, nunca tendo tido até hoje, mais protagonismo no desporto da RTP. Era caso para perguntar ao Sr. Rui Moreira, se ainda se lembra do Sr. Rui Tovar.
    Em conclusão, e por muito que isso irrite o moderador e os Ruis (principalmente o Rui Oliveira e Costa que até tem medo de falar das ecutas), acho que em todos os programas, nem que seja apenas para os picar, se deve fazer alusão às escutas, à fruta, ao café com leite, à alteração de relatórios, aos jantares, aos bilhetinhos, aos guardas abéis, etc..

    Grande Abraço

    ResponderEliminar
  3. Pela verdade e pela Justiça os Benfiquistas vão até ao fim do Mundo.
    Está no nosso ADN !!!

    ResponderEliminar
  4. sou um socio anonimo do norte mais concretamente de espinho e so venho a este espaco apelar a toda a gloriosaesfera que se una a uma so voz e deixem egos aparte pois so assim derrotaremos o sistema que continua muito forte. viva o benfica.

    ResponderEliminar
  5. Estou imensamente feliz com toda esta manifestação de Benfiquismo de todos aqui, ao Sr. António Pedro Vasconcelos envio um grande abraço e dizer-lhe que é muito corajoso ao enfrentar aqueles três Portistas do programa,só alguém com muita coragem e fair-play consegue suportar tanto ódio, raiva e inveja, sinceramente eu não conseguia, peço-lhe por favor para que este assunto não caia no esquecimento, pela minha parte nunca irá acontecer. VIVA O BENFICA.

    ResponderEliminar
  6. Caro Antonio Pedro,

    Isto passou a ser uma guerra por isso nao podemos deixar passar em branco as escutas que provam tanto ano de corrupacao.Temos de lhes dar forte e feio.

    Parabéns Master pela iniciativa e continue.
    SLB4EVER Rumo****

    ResponderEliminar
  7. Sinceros Parabéns ao Master por ter encaminhado a voz da Blogosfera Benfiquista, e ao António Pedro Vasconcelos, um enorme Obrigado pela resposta que simpaticamente nos deu, a todos nós que diariamente também lutamos em defesa do SLBenfica.
    Abraço

    ResponderEliminar
  8. O que importa agora é estar ao sempre ao lado do António Pedro de Vasconcelos.Não é fácil estar naquele lugar a afrontar esta gente, neste país que se diz democrático, é preciso uma boa dose de coragem.Queremos que ele se sinta confortável por lá e que continue a defender com toda a garra o Benfica que é o mesmo que nos defender a todos nós.Por isso temos que lhe dar demonstrações claras de que pode contar connosco para o que der e vier.Bem haja António Pedro.

    ResponderEliminar
  9. Excelente texto.

    Totalmente de acordo com o António.

    Ser Benfiquista não é só torcer por um clube mas lutar por ideiais que infelizmente parecem não ter muito valor em Portugal.

    Um abraço para ele e para ti, MasterGrove.

    ResponderEliminar
  10. Meu caro amigo,

    Obrigado pela oportunidade que nos deste.

    Um abraço...

    V.

    P.S.: publiquei este texto (e o link para o post anterior) no meu blog.

    ResponderEliminar
  11. Pluribus Unum.
    Todos juntos a defender o Benfica, notáveis e anónimos teremos a força necessária para dar cabo do polvo. Para quando esse ajuntamento de forças?
    Eles já tremem e fogem com o rabo entre as pernas, agora imaginem 6 milhões juntos a lutar por esta causa nobre que é a verdade desportiva no desporto em Portugal.
    SAUDAÇÕES GLORIOSAS

    ResponderEliminar
  12. Meu caro MG

    É desta forma que nós, ''blogueiros'' benfiquistas, devemos proceder sempre: DENUNCIAR!DENUNCIAR!DENUNCIAR!

    E por falar em denúncia,esta resposta do nosso realizador, será de imediato ''denunciada'' lá no meu cantinho.

    Saudações

    ResponderEliminar
  13. Glorioso Companheiro M a s t e r G r o o v e,

    Se há momentos em que esta luta Gloriosa é gratificante, foi exactamente na excelente exibição, à Benfica, de A-P Vasconcelos.

    Fico profundamente grato e manifesto aqui a minha grande alegria e satisafação por ver A-P Vasconcelos dedicar-lhe neste seu espaço tão Benfiquista, e dedicar a todos os Benfiquistas que o apoiaram, que o incentivaram e que de diversas formas se solidarizaram com ele, numa noite inesquecível, em que me lembrei muitas vezes do Benfica Europeu de 60 - sem mêdo, com classe de Campeão, respeitando os adversários, mas colocando-os no seu devido lugar e no momento exacto, ARRASADOR, só com o sentido de vitória.

    Sim, porque A-P Vasconcelos não teve mêdo, falou sempre na Justiça, na Verdade, quando os outros, de uma forma soez e manipuladora tentaram calá-lo. Mesmo o próprio moderador?!? que também equipa de azul e branco como o Ruizinho das Vigílias.
    Sim, das vigílias e de "braço dado" com a ralé submundana daquela cidade que não merece este tipo de gentalha.

    PARABÉNS MASTER,

    PARABÉNS A-P VASCONCELOS,

    CONTINUE NO CAMINHO CERTO, POIS ESSA É A SUA MISSÃO DE UM BENFIQUISTA MEDIÁTICO COMO O SR.

    TUDO PELO BENFICA!!!

    GRÃO VASCO

    ResponderEliminar
  14. Well Done Master!

    Obrigado APV por dar voz aos benfiquistas que já gritam há muito por justiça!

    Força Benfica.

    ResponderEliminar
  15. Concordo amigo Master! Devemos todos inundar a RTPN de emails e juntar este testemunho do A-PV para desencorajá-los de qualquer represália ou tentativa de terminar o programa.
    Os blogues têm mais força do que imaginamos. Leiam a notícia da Bola sobre o do António Boronha!

    Abraço.
    Blog do Manuel

    ResponderEliminar
  16. Estou de acordo em tudo o que escreveu o Grão Vasco.Reforço o que ele disse,nós não temos nada contra a maior parte das pessoas da cidade Porto,bem pelo contrário.Do que nós não gostamos como o Grão Vasco escreveu:"é da ralé submundana daquela cidade que não merece este tipo de gentalha."É sempre bom frizar isso quando se escreve sobre os corruptos.E sabem uma coisa,quando aquela gente se unir,os que não gostam de ser associados a estas vergonhas,vai ser o fim do mundo.Querem um exemplo?O Rui Rio...

    ResponderEliminar
  17. É uma vergonha o que se passa na comunicação social. Como branqueam esta situação é insustentável e repugnante e revolta. A mim revolta-me bastante. O Benfica não deveria deixar cair NUNCA este assunto. Que compre espaços publicitários, que divulgur no seu site, que faça divulgação nos jogos da Liga dos Campeões, que distrubua informação pelos jornalistas.

    Sr A-PV é um orgulho imenso ser do Benfica, é com emoção que li a sua resposta. E são esses mesmo valores que referiu uqe vou passar para o meu filho.

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  18. Tenho apenas um pedido a fazer.

    Já que não teve oportunidade de falar sobre as escutas convenientemente, o ideal seria começar a próxima terça feira por esse mesmo ponto.

    De resto, já mandei mails para tudo quanto era sitio a desancar no moderador e nos comentadores e na situação.

    Mastergroove, faz lá chegar a mensagem.

    cumps

    ResponderEliminar
  19. Sr. António continue assim a defender o nosso Benfica, não tenha medo daquela gente. Agora até ja se falam em pressões para o substituir no trio de ataque, mas se tal for feito isso só prova o escândalo que este canal atravessa, muita força e obrigado por ser a nossa voz.
    Ja agora gostei muito do seu ultimo filme, acho que é importante haver mais filmes deste genero em portugal. um abraço SENHOR A-PV

    ResponderEliminar
  20. Caro António Pedro Vasconcelos,

    Apreciei muito o facto de não se ter calado nem deixado intimidar pela saída de Rui Moreira, cuja participação no programa também apreciava, mas que - tal como o treinador do Porto - nesta semana esteve perfeitamente desastrado.
    De facto, classificar o comentar de crimes provados e factos reais como auto-de-fé é um absurdo que nunca pensei ouvir de RM.

    Há, no entanto, um pormenor que parece escapar a todos os comentadores quando falam sobre escutas e quando os sportinguitas dizem, sobranceiramente, que "do Sporting é que nunca ninguém ouviu falar.." . Errado!
    De facto, a primeira vez que se ouviu falar de um presidente de um clube que telefonava aos árbritos, foi o Sousa Cintra que o disse, em directo, na rádio... julgo que no célebre episódio de jogar a garrafa de água pela janela do carro (que estava fechada)...
    Nessa confissão espontânea, Sousa Cintra dizia abertamente que telefonava aos árbitros "a pedir que não prejudicassem o Sporting" (e eu, sem ironia, acredito).Existem, seguramente, gravações desta entrevista radiofónica em arquivo.

    Faça o favor de relembrar o seu colega sportinguista Rui Oliveira e Costa deste facto..
    já que o SCP, além da incompreensível conivência (pelo silêncio e amorfismo) com o FCP, se arrogam como os únicos que têm as mãos limpas.
    Acredito que tenham. Não creio, na mais remota hipótese, que os dirigentes do Sporting - como os do Benfica - tenham alguma vez subornado árbitros, embora acredite que tenham sido beneficiados pontualmente pelo seu estatuto (terá sido o caso do sr. Calabote...que morreu na miséria sem ter ido ao Brasil...)
    Telefonemas para e a falar de árbitros (Sporting e Benfica) é éticamente reprovável; suborná-los é um crime (que será sempre não provado em qualquer comarca do grande Porto...)

    Esta é a diferença. Uns terão pontualmente cometido actos éticamente reprováveis; outros, terão continuadamente cometido um crime, disso tirando evidente benifício nas últimas décadas.

    Não consinta que ponham tudo no mesmo saco, algo que o FCP, óbviamente, tenta fazer a todo o custo, socorrendo-se agora do famoso campeonato dos "túneis" (local onde foram agressores, provocadores e pretendem sair como vítimas..)

    Não desista, para que a vergonha não seja esquecida...e já agora, ponha os Sportinguistas "no seu lugar"
    Com os melhores cumprimentos,
    Vitor Neves

    ResponderEliminar
  21. no trio d'ataque:

    Rui Moreira: " a semana passada evitei falar das escutas... e evitei pq não gosto de ouvir escutas particulares, pq gosto de cumprir a lei."
    "a semana passada disseste que há escutas do sr pinto da costa a pedir árbitros...tu revelaste aqui escutas que ninguém conhece... nas escutas reveladas não nenhum caso que seja conhecido..."



    pergunto eu: se o rui moreira não ouve escutas privadas (pq gosta de cumprir a lei) como é que lhe conhece o teor?

    ResponderEliminar
  22. Boas. Um obrigado, mais uma vez, ainda que tardio, ao caríssimo A-PV. Brilhante, e que nunca lhe doa a voz!
    Só um reparo ao grande comentário do amigo Vitor Neves. Há um importante ponto, já que refere nesse do Sousa Cintra, que escapa à maioria dos presentes. Vou deixar anexados dois links, que era para dar ao Master Groove, mas que aqui ficam para todos poderem ler, com calma, sobre o que foram os tempos idos da presença Sportinguista e Portista nos campos e dirigismo nacionais.

    http://vedetadabola.blogspot.com/2008/04/vinte-anos-de-mentira-de-a-z.html

    e

    http://otribunaldaluz.blogspot.com/2009/10/fcporto-protegido-pelo-antigo-regime.html

    Se no fim conseguirem achar que os sportinguistas são assim tão inocentes, talvez tenha sido eu a compreender mal os textos!

    Mais uma vez, excelente iniciativa, caro Master, e os links que te tinha prometido ficam já aqui entregues!

    Abraço

    Márcio Guerra, aliás, Bimbosfera

    Bimbosfera.blogspot.com

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares

Manuel Queiroz apanhado a mentir é arrasado em directo

Para Manuel Queiroz (presidente do CNID - Clube Nacional Imprensa Desportiva), o jogo Marítimo-Benfica, da época 2015/16, "foi estranho e levantou logo suspeitas porque Fransérgio jogou a ponta de lança". Entretanto, já o programa ia a meio, Queiroz recebeu uma resposta surpreendente.

imagem fonte:zerozero


Nota: Ninguém fala das poupanças do Marítimo contra o SCP (5 titulares no banco) para poderem defrontar o Benfica na jornada seguinte. 400.000 euros explicam essa estranheza. Também ninguém fala das 5 derrotas do Marítimo nas últimas 6 jornadas desse campeonato... (Rui Faria)

Verdades que as 'Virgens ofendidas' do Sporting merecem ouvir

Telespectador aviva a memória das 'Virgens ofendidas' do Sporting.



O telespectador Eugénio Matos, esta manhã no Opinião Pública SIC Noticias, disse muito do que tem de ser dito aos sportinguistas: "Todos têm responsabilidades, mas há muita gente a querer tirar o cavalo da chuva" "Agora estes senhores sofrem todos de Alzheimer?"

Francisco J. Marques, os teus e-mails são meus

Francisco J. Marques, achas mesmo que tens o direito, a legitimidade, ou apenas a moralidade para usar a minha caixa de correio electrónico, e desatar a ler os meus e-mails num programa de TV? A sério? Então por que não fazes o mesmo com a tua caixa de correio electrónico?


hseneca@exameinformatica.pt
Francisco J. Marques, os teus e-mails são meus
Como não sou exibicionista, vou poupar pormenores sobre aquilo que se pode encontrar na minha caixa de e-mail profissional:

- Alguns e-mails de pessoas que me deram informação sob anonimato;

- Um ou outro secretário de estado; e penso que até um ministro antes de o ser;

- Pouco mais de uma dezena de mensagens onde descomponho alguém que me pareceu incompetente na hora de me dar informação e um pouco mais de uma dezena de e-mails em que essas pessoas justamente me retribuem na mesma moeda;

- Alguns poemas ridículos que me hão de envergonhar até ao último torrão de terra cair sobre o meu caixão;

- Cartas para os meus filhos e para a mãe dos meus…

«Exactamente. Fomos avisados pela própria Policia Judiciária»

FC Porto, 30 anos a ganhar à custa de expedientes irregulares.  Revelações da ex-companheira de Pinto da Costa



Quem é que avisou?
"Foi um elemento da Policia Judiciária, amigo do irmão de Reinaldo Teles"

"Ele [árbitro] foi pago para o Porto ganhar e o Benfica perder. E fomos campeões."

Confissão do ex-árbitro Jacinto Paixão: "É verdade que o FCPorto nos ofereceu raparigas como era habitual fazer.."

«Não dou nenhuma credibilidade à reportagem da SIC» Rui Gomes Silva

Em seis minutos Rui Gomes Silva desmonta a peça da SIC sobre corrupção desportiva.




Rui Gomes Silva analisa a reportagem da SIC assinada pelo jornalista Gonçalo Azevedo Ferreira. No programa O Dia Seguinte, Gomes da Silva começou por dizer categoricamente: "Com todo o respeito pela SIC, não dou nenhuma credibilidade à reportagem".