Avançar para o conteúdo principal

Pedro Proença insulta os portugueses

Como presidente e amigo estou muito feliz, por ontem ter dado o Prémio Prestígio a Joaquim Oliveira. Uma pessoa cujo contributo em prol do bom nome das competições desportivas é unanimemente reconhecido. O futebol profissional continua a contar consigo. - Pedro Proença (@PresidenteLPFP) July 6, 2019


No futebol português, cadastro é currículo.

No dia 6 de Julho, Pedro Proença homenageou Joaquim Oliveira. Duas semanas depois, veio a cereja no topo do bolo com esta noticia:

Empresa de Joaquim Oliveira falida e com dívida de 750 milhões
Novo Banco e BCP são os maiores credores da Controlinveste SGPS, que está em processo de liquidação. São 753,6 milhões de euros em dívidas para 153 mil euros em activos. A Controlinveste SGPS está falida e o caminho para a liquidação é "irreversível", lê-se no relatório de insolvência desta empresa de Joaquim Oliveira, noticia o Jornal de Negócios.

Ou seja, o pior presidente da Liga de todos os tempos, homenageou o pior cancro de sempre do futebol português.

A propósito de homenagens a Joaquim Oliveira, recordo o que escreveu Marinho Neves, em 2014: "Um retrato fiel do nosso país. Joaquim Oliveira, que nunca fez nada pelo seu país a não ser viver à custa dele, foi nomeado cidadão honorário de Penafiel. O seu irmão António Oliveira, jogador profissional e treinador de futebol com alguns títulos registados, foi completamente ignorado. Viva Portugal, a corrupção e o resto da canalha".

Video sobre o cancro do futebol português...


Anterior
Prev Post
Seguinte
Next Post