O túnel da Madalena - Master Groove
Avançar para o conteúdo principal

O túnel da Madalena

Dizem que em dias gloriosos e radiosos, aparecem nos fundos daquela autêntica catacumba submundana, figuras fantasmagóricas – Abel “O Guarda” e “sus muchachos”. Ouvem-se rajadas de metralhadora…



O túnel da “Madalena”, cujo início da construção data de meados da década de 80 do século passado, é uma cópia fiel, mas muito mais refinada, de um, bem mais antigo, o das Antas - esse túnel tenebroso onde se simulava a sodomização dos árbitros e que foi um altar de medo, boçalidade, coacção e violência.

Um túnel apetrechado com um sistema de fios condutores “com tecnologia de ponta”, onde todas as chamadas telefónicas partiam ou chegavam à cabine controleira de Giorgio.

Augusto Duarte e António Araújo, suspeitos aventureiros da noite, atravessaram-no, seguindo sempre, sempre em frente, e numa escuridão total, sem um único clarão, trouxeram do seu interior o envelope mágico, uma simples folha de papel que à luz do dia se transformou em cinco notas de quinhentos euros.

Jacinto Paixão, José Chilrito e Manuel Quadrado provaram no lusco-fusco desse túnel, os sabores de sexo oferecido, numa volúpia louca e corrupta de triste desfecho.

Martins dos Santos, ao palmilhá-lo com subserviência durante anos, teve a sensação premonitória de que iria apitar o jogo inaugural no novo antro de Giorgio e foi-lhe feita uma revelação extraordinária – seu filho Daniel iria receber, um relógio de ouro. Enxovalhou-se.

Carlos Calheiros, em classe turística, passou pelo túnel, pela Cosmos e pelo Brasil em velocidade supersónica, disfarçado de José Amorim. Primeiro sem factura/recibo, paga pelo grémio dos seus amores, depois desacreditado, exigindo-a!

José Guímaro descobriu ali a sua mina de ouro e os seus famosos quinhentinhos. Ninguém o “segurou”. Pagou o seu atrevimento com uma estadia na cadeia. Os falsários safaram-se!

Francisco Silva encontrou no túnel a grande desgraça da sua vida.

Por lá passaram, José Silvano, Soares Dias, Rosa Santos, Isidoro Rodrigues, Donato Ramos, António Garrido e muitos, muitos mais, com muitos bons resultados!

Na sua antecâmara, ainda toca uma “orquestra” bem afinada de observadores de árbitros, recrutados no tempo em que os títulos eram comprados em supermercados de fruta, segundo Ferguson.

Um túnel que foi percorrido por José Pratas, aterrorizado, a galope e em marcha-atrás, acossado por uma matilha furibunda de cães selvagens.

Hannah Danielle, Cláudia Cristiano e Celina Fonseca, à época, três prostitutas brasileiras, hoje em parte incerta, algures no Brasil, aí sentiram, no meio de alcovas, entre e contra as paredes e no próprio chão, o convidativo odor do dinheiro fresco do poder corrupto em troca dos seus quentes e íntimos favores.

Carolina Salgado ali teve de chupar, engolir e aguentar as diatribes e a malina fétida das bufas e peidos de seu amante e senhor, enquanto a grana …fluiu pelas gavetas da mobília.

Bobby & Tareco também lá marcaram o seu território. O papagaio cavou!

Filomena Morais também passou pelo túnel da “Madalena”. Duas vezes. Perdeu-se. Nunca chegou a dar com a saída.

A última que lá entrou, com a alcunha de “A Neta”, teve direito a um apartamento de quatrocentos mil euros e a uma princepêsca “pensão de sobrevivência” retirada dos parcos proventos de um velho careca!

Muitas mais entraram. Nunca ninguém soube como saíram.

Lourenço Pinto, Gil Moreira dos Santos, “O Macaco” e os “gangs ribeirinhos” deram-lhe uma dimensão jurássica, transformando-o num sinistro buraco negro à escala planetária, bem acolitados por Pôncio Monteiro, Sardoeira Pinto e Gonçalves Pereira, que aí tiveram uma visão apocalíptica dos seus esqueletos fossilizados.

Um túnel com dois sentidos que liga os Mortáguas e afins à UEFA e vice-verso, via Palermo.

Um túnel projectado até ao Vaticano, que ludibriou o Papa e os seus conselheiros.

Carlos Pereira Santos, conhecido nos meios jornalísticos como a “Arrastadeira de Leça” num assomo telepático, despiu a sua subreptícia capa de editor-chefe e como filho-do-dragão, passou por lá, cantando loas ao “professor” Jesualdo, escarnecendo de Eusébio e do Benfica, e plubicitando detergentes e shampôs do tempo da “Maria Cachucha”.

Sousa Tavares tem no túnel o seu vomitório preferido.

Manuel Serrão, numa das galerias adjacentes ao túnel, em alarvidades teatrais encarna um pró-símio do Cenozóico.

Rui Moreira e Guilherme Aguiar transportam painéis negros e opacos para a galeria principal, limpando e branqueando de lá, o lixo que os outros produzem.

Dizem que em dias gloriosos e radiosos, aparecem nos fundos daquela autêntica catacumba submundana, figuras fantasmagóricas – Abel “O Guarda” e “sus muchachos”. Ouvem-se rajadas de metralhadora…

Um túnel onde o contrabando de marfim, bolas de golfe e cápsulas amarelas “polvorentas” fica impune.

Um túnel de contornos medonhos, com ôgres afonsinos de feições bexiguentas.

Um lugar do outro mundo, onde se ouve a voz cavernosa do Cartola, segundo um Giorgio em versão mediúnica.

Um túnel onde é intenso o “calor da noite” e onde vigílias provincianas se assemelham a conspirações de marginais e criminosos.

Um túnel abafado, onde os ecos transportam as declamações labregas de Giorgio.

Um túnel lúgubre, onde ainda há árbitros “agrilhoados” a gritar pelos pais e pelas mães.

O túnel tortuoso, onde Olímpio Bento tentou queimar profissionalmente o prof. José António Silva, por este ser Benfiquista.

Este é o túnel da “Madalena”.

O túnel onde o clube condenado por corrupção fabricou campeonatos anos e anos a fio.

Um túnel transformado em relvados, em ringues, em piscinas e em pistas de atletismo viciadas.

O túnel do sussexo de Giorgio e seu grémio, o túnel das cuspidelas e das bofetadas, dos tribunais e das peixeiradas, onde se atropelam reportéres, jornalistas e pseudo-jornalistas.

O túnel dos capangas e dos vândalos.

O túnel das amantes, das prostitutas e das alternadeiras.

O túnel da corrupção!

O túnel onde se esconde o precioso tesouro do “Apito Dourado”!

O túnel onde o vulgar cumprimento é - "Tás bom? Ó filho da puta!

por GRÃO VASCO
http://pinceladasgloriosas-gv.blogspot.pt
Anterior
Prev Post
Seguinte
Next Post
Comentários
12 Comentários

Comentários Blogger

  1. Por onde tem andado... Grão Vasco ? Hà muito que não aparecia por aqui ...!!!EXCELENTE "POST". Verifico que a atualidade o faz "sair a terreiro" para defender o nosso Benfica . Espero que a poeira assente e que se ganhe ao Guimarães do TAMBÊM anti-Benfiquista primàrio...pedro martins. Saudações Benfiquistas.(Sarilhos-Grandes).

    ResponderEliminar
  2. Esqueceste-te q também foi nesse túnel,onde uma pistola encontrou a entrada dum portal cósmico e volatizou-se para outra dimensão.

    ResponderEliminar
  3. excelente texto !!

    ResponderEliminar
  4. Excelente! Optimo para qualquer portista que ouse falar em arbitragem.

    ResponderEliminar
  5. Seja BEM VINDO!!!!! Rumo ao TETRA!!! ;)

    ResponderEliminar
  6. Anónimo das 17:16,

    Eu tenho um blogue há muito tempo e chama-se PINCELADAS GLORIOSAS.

    Saudações Gloriosas e cmpts ao MG que nunca mais telefonou nem disse o que quer que seja. Mas para ele também um Feliz Ano, bem como para todos os Benfiquistas que por aqui passam.

    Este post já foi publicado e escrito há bastante tempo. No entanto, é verdade, foi bom que o MG o tivesse lembrado. Está sempre actual e desmascara uma corja de bandidos que transformou o futebol em Portugal numa guerra sanguinária, arrastando-o para a lama, bem como os nossos vizinhos do fôsso do lagartêdo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viva Grão Vasco,
      Tens razão, nunca mais liguei a ninguém. No final da época ligo-te. Ando fora dos blogues há anos. Basicamente, só na página do facebook é que tenho alguma actividade. E ajudo o Alberto Miguéns no Em Defesa do Benfica.

      Abraço,
      obrigado pela excelência deste texto.

      Eliminar
  7. Red Wings,

    Não me esqueci de absolutamente nada. A pistola e mais algumas coisas são posteriores à publicação deste post.
    Perdeste uma boa ocasião para estares quietinho.
    Sabes, pá? Eu durmo muito pouco e estou sempre muito atento, de atalaia.
    Cmpts.

    ResponderEliminar
  8. Já fazias falta MG temos que começar a mexer com isto,excelente texto Grão Vasco.

    ResponderEliminar
  9. Excelente regresso, Grão Vasco. Para cima deles, sem misericórdia, e sem fazer reféns.

    ResponderEliminar
  10. Um túnel onde se conspirou para acabar com o Benfica, onde Pedroto, o Bufas e os Pintos arquitectaram o maior logro da história do futebol.

    É bom haver quem traga para a luz do dia o que toda a comunicação social sabe mas quais bonifrates míopes tentam convencer-nos não passar de um rodapé sem importância na afirmação do emblema azul e branco.

    Essa CS está infesta de Franciscos Marques, de Cerqueiras, de Tavares Telles, uma corja sem escrupulos.

    Que nunca desistam de lutar contra o branqueamento. E atenção porque na sombra está a tentar nascer um pior do que muitos destes - Bruno de Carvalho, um sociopata sem escrupulos.

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

SIGA-NOS

Mensagens populares

Como desviar as atenções do FCPorto quando é alvo de denúncia?

Ontem, durante o programa Liga D'Ouro, foi lançado um ALERTA CM: "O Ministério Público recebeu uma denúncia que envolve FC Porto e Portimonense".

Naturalmente, esperava que se comentasse o teor (a ser verdade, gravíssimo) desta denúncia. Comentou-se, sim, mas tudo ao lado. Veja o que fez o moderador e o jornalista José Manuel Freitas. Do nada, metem o Benfica ao barulho e...Ciao AlertaCM. Fantástico! O Francisco J. Marques não faria melhor.

«Exactamente. Fomos avisados pela própria Policia Judiciária»

FC Porto, 30 anos a ganhar à custa de expedientes irregulares.  Revelações da ex-companheira de Pinto da Costa



Quem é que avisou?
"Foi um elemento da Policia Judiciária, amigo do irmão de Reinaldo Teles"

"Ele [o árbitro, Augusto Duarte] foi pago para o Porto ganhar e o Benfica perder. E fomos campeões". (...) "O Mourinho ganhou tudo, mas não ganhou sozinho. Ganhou, comprando os árbitros", disse o Jorge Nuno.

Confissão do ex-árbitro Jacinto Paixão: "É verdade que o FCPorto nos ofereceu raparigas como era habitual fazer.."

FC Porto: ALDRABAR é um modo de vida

Quem manipula fotografias, manipula tudo: jogos, classificações, competições, árbitros, adversários, jornais, rádios & televisões, tudo, mesmo tudo!



Estão tão habituados a viciar e manipular, anos-e-anos-a-fio com impunidade, que para eles é natural aldrabar. É um modo de vida. Faz parte deles. Há quem queira e seja honesto. Estes são desonestos, aldrabões e trafulhas. Uma máquina a fazer o mal. (Miguéns)

«Esta ninguém me apaga!» Carolina Salgado



Depois de ter sido apagada da foto onde aparecia na comitiva que foi recebida pelo Papa João Paulo II, e que agora está em exposição do Museu do FC Porto, a ex-companheira de Pinto da Costa, Carolina Salgado, colocou no Facebook uma imagem em resposta ao líder portista: "Esta ninguém me apaga", escreveu.






Veja: O túnel da Madalena - Um túnel projectado até ao Vaticano, que ludibriou o Papa e os seus conselheiros.

Problemas crónicos nas costas... do Mendes

Mendes, amigo do FC Porto, desviava jogadores pretendidos pelo Benfica.
Jorge Mendes, Pinto da Costa e os favores ao comissário da Policia.



Mendes não percebe o interesse de Pinto da Costa num jogador menor: "é irmão dum Comissário da Policia, dá sempre jeito", esclarece o presidente do FCP.

Jornalismo: O público sempre soube rejeitar a propaganda e a manipulação

Andaram 20 anos de costas para o jornalismo e agora publicam editoriais lancinantes em busca dos leitores perdidos. A ameaça à Liberdade de Imprensa e à Democracia nasceu nas redacções que se subjugaram aos grupos económicos e empresariais e teve como resposta o afastamento do público, que sempre soube rejeitar a propaganda e a manipulação.

João Querido Manha

E agora quem carrega o Benfica?

E agora, quem carrega o Benfica? Quem dá cabo dos músculos lombares pelo peso de uma responsabilidade levada às costas durante quatro anos, à razão de um golo por jogo?



E agora quem carrega o Benfica?

O desenho meio abstracto e de traços largos ganhou, por fim, contornos evidentes: Jonas está de saída do Benfica. Não há dores nas costas, não há ciúmes da concorrência directa, não há falta de contrato, há uma cabeça virada do avesso pelo dinheiro fácil do mundo do petróleo.

Jonas sai e a pergunta é: e, agora, quem carrega o Benfica? Quem dá cabo dos músculos lombares pelo peso de uma responsabilidade levada às costas durante quatro anos, à razão de um golo por jogo (entre os marcados e os provocados), ficando só abaixo de Cardozo na longa lista dos melhores avançados estrangeiros do clube?

No imediato, a responsabilidade transfere-se para as costas de Rui Vitória, o último escudo humano de Luís Filipe Vieira, perante a ameaça de uma guerra civil desportiva se o Benfica não conseguir ch…

E-mails Bombásticos: Violação e manipulação

PROFESSOR DA UNIVERSIDADE DE YALE (EUA) ARRASA CASO DOS E-MAILS DO BENFICA. Às vezes nos livros mais inesperados encontram-se coisas extraordinárias. É o caso do livro «Sobre a Tirania - Vinte Lições do Séc. XX» de Timothy Snyder. A oportuna e espantosa coincidência desta lição, comprova em absoluto o subtítulo do post.

Os 'e-mails bombásticos' divulgados em momentos oportunos, constituíram também um poderoso método de desinformação.
As palavras que são escritas numa determinada situação, apenas fazem sentido nesse contexto. O próprio acto de deslocá-las do seu momento histórico colocando-as posteriormente num outro, consiste num acto de falsificação.
Lição sobre 'E-mails Bombásticos', narrada por João Gobern, extrato 2 min.




"O roubo, a discussão ou a publicação de comunicações pessoais, destrói um fundamento básico dos nossos direitos. Ninguém (excepto, talvez, um tirano) tem uma vida privada capaz de sobreviver à exposição pública com intenções hostis".

Tim…

Verdades que as 'Virgens ofendidas' do Sporting merecem ouvir

Telespectador aviva a memória das 'Virgens ofendidas' do Sporting.



O telespectador Eugénio Matos, esta manhã no Opinião Pública SIC Noticias, disse muito do que tem de ser dito aos sportinguistas: "Todos têm responsabilidades, mas há muita gente a querer tirar o cavalo da chuva" "Agora estes senhores sofrem todos de Alzheimer?"