Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2015

Como é que o Benfica se dá ao luxo de prescindir de alguém assim?!

O ego e O erro

Ponto prévio:

Da mesma maneira que um pessoa burra não passa a inteligente só porque está vestida com uma camisola do Benfica, quem é bom enquanto está no Benfica não deixa de o ser só porque saiu do Benfica. Vá ele para onde for.

O que eu mais temia, tal como exprimi no outro post, aconteceu: Jorge Jesus não vai ser o nosso treinador para a próxima época. Espero estar redondamente enganado, mas temo que tenhamos cometido um erro histórico. Antes de qualquer outra coisa, na hora da saída, é mais do que justo deixar-lhe aqui o meu mais profundo agradecimento por todas as conquistas destes seis anos e pelo futebol magnífico que fomos apresentando.

Eu estou particularmente à vontade para dizer isto, porque no início tive sérias dúvidas acerca da sua competência e mesmo durante o seu percurso houve uma série de coisas que não me agradaram nada (uma, duas, três, quatro, cinco e, principalmente, seis). MAS, e este MAS é essencial, o homem ganhou títulos! E, se não se quiser v…

«Jesus foi empurrado para fora do Benfica» Ricardo Araújo Pereira

Ricardo Araújo Pereira tentou disfarçar a “irritação”, mas não conseguiu. O humorista reagiu em exclusivo na TVI24 à saída de Jorge Jesus do Benfica e considerou que este poderá ser um “erro histórico” do clube.

“Receio que não renovar com Jorge Jesus seja um erro histórico. Por muito que agora se venha dizer o contrário, o Benfica não estava verdadeiramente interessado em renovar com Jesus.”

Ricardo Araújo Pereira comparou esta com a saída de João Vieira Pinto do Benfica, tendo depois assinado pelo Sporting.

“Na altura também chamamos traidor ao JVP e hoje sabemos foi empurrado para fora do Benfica. Passa-se exactamente o mesmo com Jorge Jesus.”

Sobre a aposta do Benfica na formação, o humorista sublinhou que “não se ganha campeonatos com uma equipa de jovens”.

“O Sporting formou dois bolas de ouro, mas em 33 anos ganhou tantos campeonatos como o Benfica em dois.”


Ricardo Araújo Pereira acrescentou que o presidente benfiquista “está interessado em mostrar que a estrutura ganha campe…

Casagrande: Relato impressionante

O ex-jogador do FCPorto, Casagrande, fala sobre uma lesão gravíssima que sofreu e as consequências dos efeitos do doping. Um relato impressionante!






Casagrande: Doping no FC Porto..

Alguém tem que contar a verdade! - António-Pedro Vasconcelos (ExclusivoMG)

É miserável que algum benfiquista faça ameaças de morte ao Jesus!
Alguém tem que contar a verdade! Se ele não tivesse ido para o Sporting, depois de o Vieira o ter empurrado para fora do Benfica, ia para onde? Para o Porto?! Para o Tondela?!
Abram os olhos, porra! E respeitem o homem que, depois do Otto Gloria, fez, contra tudo e contra todos, a 2ª Revolução da História do Benfica!
Tirá-lo da fotografia?! Respeitem o Benfica de Cosme Damião e Borges Coutinho!

António-Pedro Vasconcelos
exclusivo Master Groove
**

Adenda:
O que me parece de todo inexplicável é esta evidência: como é que não se renova com um homem que ganhou três campeonatos em seis anos, foi bicampeão (coisa que não nos acontecia há 31 anos), ganhou seis dos últimos sete troféus nacionais e nos levou duas finais europeias seguidas (não íamos a nenhuma há 24 anos e a duas consecutivas há 53 anos!)?! É preciso estar mesmo a olhar para o acessório para não ver o cerne da questão. 
(...)
A partir do momento em que o Benfica não …

Que lástima ter sido o Benfica a empurrá-lo para Alvalade

Que lástima ter sido o Benfica a empurrá-lo para Alvalade

*
E lá vai o Jesus para o Sporting perder a graça toda que nós lhe achávamos. E que lástima ter sido o Benfica a empurrá-lo para Alvalade. Sim, porque é sempre muito feio um patrão oferecer uma redução salarial a um trabalhador com méritos. Acontece muito disto na nossa sociedade doente. E alguma vez tinha de chegar ao futebol. Que pena ter sido logo ao Benfica.

Leonor Pinhão in a bola

Quanto tempo vai durar o entendimento entre Jesus e Bruno de Carvalho

Alguns amigos chamaram-me à atenção pela forma como abordei o caso de Jesus, até porque sou amigo pessoal dele. A todos direi que reconheço e tenho a certeza da capacidade de Jorge Jesus como técnico de futebol e que sem ele talvez o Benfica não chegasse onde chegou, mas isso só foi possível porque houve sintonia de esforços e estratégias. O meu único problema, como amigo e admirador de Jesus, é saber quanto tempo vai durar o bom entendimento entre Jesus e Bruno de Carvalho, duas personalidades perfeitamente incompatíveis.

Marinho Neves