Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Janeiro, 2014

Teste à revolta dos sportinguistas vai ser no FCP-SLB

Os sportinguistas estão revoltados porque sentiram que foram prejudicados na Taça da Liga. Mas não vou ficar admirado quando chegar a vez do Benfica defrontar o FC Porto nesta competição e ver os sportinguistas a quererem a vitória dos dragões.

Marinho Neves
(sportinguista decente, digo eu.)

Salvio: "Estou tão feliz!"

"Hoje tive uma das manhãs mais felizes. Estou tão feliz!"
Eduardo Toto Salvio

Rodrigo 2-0 Maritimo

Um sportinguista decente!

Jorge Gabriel critica Mário Soares, Assunção Esteves e, por fim, alguns da claque do Sporting no jogo com o Estoril, que usaram o minuto de silêncio em memória de Eusébio, para insultar o Benfica e Eusébio da Silva Ferreira!... Rivalidades à parte, Jorge Gabriel esteve ao nível do melhor que há no povo português.


"...Eu acho, honestamente, que todos nós temos a nossa dose de cretinice, mas há alguns, que são mais cretinos de que outros".

Eusébio 2-0 Assunção Esteves

Inteligência e frieza derrotam o FCPorto e isolam o Benfica no topo da classificação.

Eu bêbado e inculto te escrevo: Olá Dr Mário Soares

Eu bêbado e inculto te escrevo:
Olá Dr Mário Soares.

Resolvi escrever-lhe com o auxilio de uns correctores ortográficos, e depois de tomar uns Gurosan pois o Whisky que bebo em grandes quantidades deixa-me assim ...com alguma flatulência mental.

E resolvi escrever-lhe neste dia, para lhe dizer que gosto imenso de si. Ao contrário do que possa pensar acho que as suas palavras são sempre carregadas de uma cultura e literacias assustadoramente ricas. Longe de mim pensar sequer que gosta de mamar a sua bela pinga. Até porque nem me parece homem para essas coisas.

Dr. Mário Soares, sem me querer alongar muito nos meus elogios, gostaria de lhe dizer enquanto este Guronsan me permite ter alguma lucidez, que o que comentou ontem foi comparável, a um vómito na porta do carro de um amigo que lhe dá boleia no meio de uma borrasca, sendo que esse amigo foi o único teve, e repare bem, a decência de lhe dar esse auxílio... Dr.Mário Soares, sabe, hoje o meu País chora a morte de uma pessoa, que p…

Acorda Benfica! A maior homenagem é esta!

«A maior homenagem que se poderia prestar a Eusébio seria ganhar tudo»
Rui Gomes da Silva

Eusébio só morre, se nós quisermos!

Rui Veloso: "O Eusébio também era meio branco e gostava"

Adorava o Eusébio, desde os meus, provávelmente, seis, sete anos de idade...quem sabe não foi ele, na sua negritude, que me levou ao Luther King, e depois ao Freddie King, ao Albert King, ao BBKIng...
Não havia pretos no Porto, nunca tinha visto, mas na minha cave havia os blues, o funk, tudo isso e nem sequer a gente tinha visto um preto, para além do Dale Dover e o Mário João, do Boavista, que o pessoal adorava!

O meu pai levou-me a ver o discurso do Luther King em super 8 em filme antigo, o tal do I have a dream, eu era pequeno e logo percebi que havia mais alguma coisa para além da minha branquitude. Sou meio preto, e gosto, o Eusébio também era meio branco e gostava. Nesta mistura nos encontramos como povo. Eusébio estás no coração dos que ainda cá ficam!!

Rui Veloso,
in facebook - ontem

Eusébio só morre, se nós quisermos!

Bravo! Paulo Garcia responde a Assunção Esteves

Assunção Esteves, presidente da Assembleia da Republica; sobre a ida de Eusébio para o Panteão Nacional:
..há custos muito elevados..mesmo muito elevados...eu devo dizer-vos que e na ordem de centenas de milhares de euros. Não estou a dizer que isto não possa ser suportado pelo Parlamento, de alguém os querer suportar, de um grupo de cidadãos, de alguma associação querer fazê-lo...a partilha nos custos, sobretudo em tempos de crise, e uma cultura que também temos de começar a explorar..'???
Minha senhora, deixe-se estar.não se incomode;
Nós sentimos vergonha por si!!!.

Paulo Garcia

Eusébio só morre, se nós quisermos !

É preciso que o exemplo de Eusébio não se apague. É preciso que o seu exemplo, o seu sofrimento, as suas lágrimas, não se esgotem em poucas horas... O orgulho, a vaidade, o encanto com que vestia o 'Manto Vermelho', não se esgotava num simples jogo, num movimento mais ou menos conseguido...

Dizia ele ao grupo restrito que o rodeou nas ultimas horas, debaixo de uma agonia terrível;

'...Vou morrer um dia, sem saber o que realmente senti quando vestia a camisola do Benfica. Não sei se era da cor, não sei... Havia qualquer coisa, que me transformava na pessoa mais importante do mundo. Fui o jogador mais feliz do mundo. Um dia que morra gostava de dar uma ultima volta ao Estádio da Luz. Este é a minha casa. Fizeram de mim uma pessoa importante...'.

É este encanto que só sentindo se explica, que faz deste momento, talvez, a derradeira oportunidade para que todos tenhamos a responsabilidade de o manter vivo... E isso não se faz com palavras bonitas. É preciso muito mais!!! …

Julio Machado Vaz: Um Sorriso Largo no Céu

1942 - 2014..

Quando fui trabalhar para a Suíça, a primeira pessoa a entrar-me no consultório sorriu, quando lhe perguntei em que podia tentar ajudar. Era um agente de seguros, o hospital não permitia que eu exercesse sem se proteger de eventuais "pontapés na gramática psiquiátrica". Quando soube que estava em presença de um português, levou a mão ao bolso do casaco e retirou, orgulhoso, uma fotografia autografada de Eusébio, que um dia jogara em La-Chaux-de-Fonds e fizera uma exibição memorável.

Aconteceu-me por todo o mundo. Em 66 estava em Inglaterra e vi, num dos meus amados pubs, ingleses, eufóricos com a vitória, moderarem os festejos perante as lágrimas dele. Fui um privilegiado - ao longo da minha adolescência, na década de sessenta, demandei Lisboa para ver o Benfica "dele" jogar. Na altura era demasiado novo para me aperceber da dimensão estética do espectáculo, queria ganhar e ele, ajudado por jogadores de excepção e trabalhadores incansáveis, fazia-me a…

Obrigado EUSÉBIO !

Facebook

Etiquetas

Mostrar mais