Sem medo das palavras: São Desonestos e Parciais! - Master Groove
Avançar para o conteúdo principal

Sem medo das palavras: São Desonestos e Parciais!

Jornalistas da RDP/Antena 1, agredidos depois do final do Porto-Benfica em futebol.


Esta polícia e estes stewards, são os mesmos que há poucos meses deixaram os adeptos do Braga entregues à sua sorte em Guimarães. E são os mesmos que em Braga permitiram que os adeptos da casa fossem agredir os adeptos do Paços de Ferreira ao outro lado do estádio e ficaram a assistir às pessoas a fugir do campo. 
Neste Guimarães-Benfica, um adepto vai buscar uma camisola que estava a ser oferecida pelos jogadores do seu clube, apenas, e parecia um terrorista! Não percebo é como é que deixaram os outros adeptos, antes deste, regressar à bancada. Se o crime era assim tão grave não saía nenhum. A acusação de agressão ao Jesus é incompreensível. Se agrediu, era detido na hora como mandam as leis deste País. Ao não o fazerem, não o podem agora acusar desse crime. Aliás, podem, porque são desonestos e parciais, como qualquer pessoa, que tenha ido ver um Porto-Benfica ao Dragão, sabe. Vale tudo e estão sempre de olhos fechados. Quantos já detiveram no Dragão Caixa? Ali a lei é outra, como se viu na meia final do hóquei no ano passado, no Benfica-Barcelona. Enfim episódios da guerrilha do costume. Tiago Mota, seguidor do MG.

As imagens do próximo vídeo, filmadas a partir da bancada por um adepto, são reveladoras do que realmente aconteceu. As agressões dos agentes da polícia, o abuso de autoridade, a incompetência na segurança do estádio nada disto parece ser responsabilizado por partes das chefias da PSP e vamos ver o que vão fazer as instâncias judiciais deste País.






Artigo 3º do Estatuto da Polícia de Segurança Pública, Disposições Gerais, Capítulo I, Ponto 2
Os meios coercivos só poderão ser utilizados nos casos seguintes:
a) Para repelir uma agressão actual e ilícita, em defesa própria ou de terceiros;
b) Para vencer resistência violenta à execução de um serviço no exercício das suas funções e manter o princípio da autoridade, depois de ter feito aos resistentes intimação formal de obediência e esgotados que tenham sido quaisquer outros meios para o conseguir.
Ora nada disto se verificava, uma vez que nunca existiu qualquer acto agressivo e/ou violento por parte do adepto do Benfica. by: Benficabook

Uma nota, para a campanha miserável "Anti-Benfica" e "Pro FCPorto" da TVI24/site Mais Futebol - da pateta Cláudia Lopes. Espero que a direcção do SLBenfica esteja atenta e não deixe passar em claro. É bom lembrar que na Liga dos Campeões, é a TVI24 (da Cláudia Lopes e compª) que estará na Luz.


«Não vamos tolerar que o Benfica seja o alvo a abater» Rui Gomes da Silva


Partilhe este artigo

Anterior
Prev Post
Seguinte
Next Post
Comentários
5 Comentários

Comentários Blogger

  1. https://www.youtube.com/watch?v=5fg-lo24kzk

    Se bem se lembram, o ano passado em pleno, estádio do "ladrão", após invasão do campo "DURANTE" o decorrer do jogo e não no seu términos, a actuação dos seguranças e policia a partir do minuto (1:00) do vídeo, foi bem diferente daquilo que vimos no fim de semana passado do D. Afonso Henriques.

    Se observarem com atenção, ao minuto 1:02 aparece um senhor de fato "DIRIGENTE do FCPorco" a correr em direcção a zona onde os seguranças e policia desempenham as suas funções, mas qual não é o espanto quando reparamos que este ao chegar ao local, assume o controlo da situação delegando os forças policiais para segundo plano, chegando ao cúmulo de se verificar, que um deles não só aceita a intromissão daquele civil no seu trabalho, como ainda lhe coloca o braço pelas costas em jeito de concordância e obediência,( ver 1:07 do vídeo).


    É notório e GRAVE verificar esta diferenciação de actuação por parte destes denominados agentes de autoridade, senão vejamos:

    Em Guimarães verificou-se rigidez e intolerância dos policias, pois não aceitaram de bom grado uma tentativa de pacificar os acontecimentos por parte dos jogadores, dirigentes e treinador do Benfica, vendo nesta uma bloqueio ao desempenho das funções policiais levando a que a situação se descontrolasse.

    No "ladrão" verificamos que a actuação dos policias de serviço, não se regem pela mesma conduta dos que estiveram presentes este ano em Guimarães, é por de mais evidente que os rígidos e intoleráveis policiais se tornam subordinados e cooperantes perante a presença dos jogadores e dirigentes do clube da poder.

    Para alguns, os agentes intervenientes agiram com bom senso no estádio do ladrão, mas para outros, o medo e respeitinho pelo poder CORRUPTO instalado no pobre futebol Português a 30 anos, ditou o comportamento dos mesmos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. há os que têm memória e os que são hipocritas e que se fazem de esquecidos ;)

      Eliminar
  2. se a tvi for á luz na liga dos campeões vai piar fininho...senão abre-se o alçapão!

    ResponderEliminar
  3. A campanha da TVi contra o Benfica é resultante da luta de morte pelo poder da Comunicação social que decorre neste momento...a Controlinveste (O Nojo, JN, Diário Noticias,TSF) do mafioso a abanar e meter água por todos os lados, o Grupo Cofina (CM,Record, Sábado) a entrar em jogo e a contratar com o Benfica a antevisão dos jogos e os primeiros 5 minutos...o Grupo da TVI a cheirar sem conseguir entrar e agora lançaram os cavalos (e as èguas) todas contra o Benfica.

    Esperam que os Benfiquistas comecem a tratar esta corja como merecem

    ResponderEliminar

  4. E a Bolha também vai começar a malhar no Benfica ou o Record não é da Cofina.

    Hoje já se viu eles a coçar a comichão

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares

Manuel Queiroz apanhado a mentir é arrasado em directo

Para Manuel Queiroz (presidente do CNID - Clube Nacional Imprensa Desportiva), o jogo Marítimo-Benfica, da época 2015/16, "foi estranho e levantou logo suspeitas porque Fransérgio jogou a ponta de lança". Entretanto, já o programa ia a meio, Queiroz recebeu uma resposta surpreendente.

imagem fonte:zerozero


Nota: Ninguém fala das poupanças do Marítimo contra o SCP (5 titulares no banco) para poderem defrontar o Benfica na jornada seguinte. 400.000 euros explicam essa estranheza. Também ninguém fala das 5 derrotas do Marítimo nas últimas 6 jornadas desse campeonato... (Rui Faria)

Verdades que as 'Virgens ofendidas' do Sporting merecem ouvir

Telespectador aviva a memória das 'Virgens ofendidas' do Sporting.



O telespectador Eugénio Matos, esta manhã no Opinião Pública SIC Noticias, disse muito do que tem de ser dito aos sportinguistas: "Todos têm responsabilidades, mas há muita gente a querer tirar o cavalo da chuva" "Agora estes senhores sofrem todos de Alzheimer?"

Francisco J. Marques, os teus e-mails são meus

Francisco J. Marques, achas mesmo que tens o direito, a legitimidade, ou apenas a moralidade para usar a minha caixa de correio electrónico, e desatar a ler os meus e-mails num programa de TV? A sério? Então por que não fazes o mesmo com a tua caixa de correio electrónico?


hseneca@exameinformatica.pt
Francisco J. Marques, os teus e-mails são meus
Como não sou exibicionista, vou poupar pormenores sobre aquilo que se pode encontrar na minha caixa de e-mail profissional:

- Alguns e-mails de pessoas que me deram informação sob anonimato;

- Um ou outro secretário de estado; e penso que até um ministro antes de o ser;

- Pouco mais de uma dezena de mensagens onde descomponho alguém que me pareceu incompetente na hora de me dar informação e um pouco mais de uma dezena de e-mails em que essas pessoas justamente me retribuem na mesma moeda;

- Alguns poemas ridículos que me hão de envergonhar até ao último torrão de terra cair sobre o meu caixão;

- Cartas para os meus filhos e para a mãe dos meus…

«Exactamente. Fomos avisados pela própria Policia Judiciária»

FC Porto, 30 anos a ganhar à custa de expedientes irregulares.  Revelações da ex-companheira de Pinto da Costa



Quem é que avisou?
"Foi um elemento da Policia Judiciária, amigo do irmão de Reinaldo Teles"

"Ele [árbitro] foi pago para o Porto ganhar e o Benfica perder. E fomos campeões."

Confissão do ex-árbitro Jacinto Paixão: "É verdade que o FCPorto nos ofereceu raparigas como era habitual fazer.."

«Não dou nenhuma credibilidade à reportagem da SIC» Rui Gomes Silva

Em seis minutos Rui Gomes Silva desmonta a peça da SIC sobre corrupção desportiva.




Rui Gomes Silva analisa a reportagem da SIC assinada pelo jornalista Gonçalo Azevedo Ferreira. No programa O Dia Seguinte, Gomes da Silva começou por dizer categoricamente: "Com todo o respeito pela SIC, não dou nenhuma credibilidade à reportagem".