Avançar para o conteúdo principal

Pietra. "Quando vejo o Fábio Coentrão lembro-me de mim"

Minervino José Lopes Pietra, 57 anos, é treinador-adjunto de Jorge Jesus no Benfica, clube aonde regressou na época passada depois de lá ter ganho quatro campeonatos e cinco Taças de Portugal, entre 1976 e 1987. Mas mais: Pietra estava na equipa encarnada que em 1982 somou 18 vitórias consecutivas, três jogos pela mão de Lajos Baroti e os outros 15 às ordens de Eriksson. Esse recorde foi agora igualado após a vitória contra o Sporting, na meia-final da Taça da Liga. Mais uma vez, lá estava Pietra. E agora aí está ele.

Pietra, tudo bem? Fala o Filipe Santos, do i, presumo que já sabe porque estamos a ligar-lhe...

Já lá vão quase 30 anos, não é? Bem, nunca tinha imaginado voltar a viver uma coisa destas. 18 vitórias seguidas!
(...)
Então diga lá o que lhe passa pela cabeça quando vê o Fábio Coentrão marcar um golo? Lembra-se de si?

Olhe que eu não ia falar sobre isto, você é que perguntou! É interessante que faça essa pergunta porque quando vejo o Coentrão lembro-me muitas de mim: o Fábio Coentrão chegou muito jovem ao clube, como eu; jogava como médio mas passou a defesa, como eu; é magrinho, não é o protótipo do atleta, como eu não era; mas admiram-se com o facto de ter tanta raça e ser tão rijo, como comigo. Somos parecidos em muitos aspectos... o Fábio Coentrão leva uma electricidade impressionante ao jogo. É engraçado, somos muito parecidos. Ah, só gostava de fazer uma ressalva: ele tem um pé esquerdo muito melhor que o meu [gargalhada]... Ah, mas o meu direito também é melhor!

Partilhe este artigo

Anterior
Prev Post
Seguinte
Next Post
Comentários
4 Comentários

Comentários Blogger

  1. Grande Pietra, excelente entrevista!!

    ResponderEliminar
  2. Se o direito do Coentrao e fraco noa sei o k dizer do golo ao Maritimo:P

    ResponderEliminar
  3. Para se igaulzinho só falta pregar um cabeçada ao actual treinador do Liverpool ou andar com uma bandeirola de canto a correr atrás de Uruguaios de Montevideu para lhes mostrar a qualidade das mesmas. LOL

    Era o maior o Alcantarense!!

    ResponderEliminar
  4. E eu vi todos os jogos dessa série (os do estádio da luz)com o nosso Pietra na antiga catedral da luz!
    muitas semelhanças: tinha-mos tambem nesse tempo um grande futebol servido por excelentes jogadores...

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares

Pinto da Costa ARRASADO na RTP

Júlio Machado Vaz e Rui Oliveira e Costa respondem à CALÚNIA (aqui) de Pinto da Costa: "O Benfica era o clube do fascismo".

Veja, no final do video, a brutal resposta ao pirralho do Guedes: "Tens sorte porque ganhaste em liberdade, mas se tivesses perdido também tinhas sorte, sabes?!"

Para que conste: o SLBenfica teve na sua direcção homens como Cosme Damião, Félix Bermudes, Manuel da Conceição Afonso, João Tamagnini Barbosa e Borges Coutinho, notórios democratas, homens de esquerda, sindicalistas e activistas. Em 33 presidentes da Direcção, o Benfica só teve 1 elemento ligado ao Estado Novo: Mário Madeira, mas e só depois de este ter deixado o cargo de governador civil de Setúbal.

No FCPorto é uma chusma deles ligados ao Fascismo! Presidentes da Direcção do FCP e em promiscuidade com cargos como deputados da União Nacional: Urgel Horta, Cesário Bonito, Ângelo Veloso; e ministro de Instrução: Augusto Pires de Lima. Para lá de outros pertencentes ao Fascismo Regiona…

António Oliveira faz denúncias GRAVÍSSIMAS

"Mário Figueiredo foi o único que tentou quebrar o totalitarismo do poder" - referiuAntónio Oliveira este domingo no Trio de Ataque.

Afirmou que Luís Duque está a prazo como presidente da Liga... "ele foi juntar-se à "pandilha" que continua a governar totalitáriamente e a mandar no futebol português, não deixando que o futebol passe desta pasmaceira, desta agonia".. disse.

Oliveira acusa a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa e várias empresas de, deliberadamente, terem boicotado os patrocínios à Liga de Mário Figueiredo.

Calúnia é crime! Isto não pode passar em claro

Pinto da Costa na Afurada  11 Maio 2012"O Benfica era o clube do fascismo!"




A propaganda nazi sabia que “uma mentira repetida mil vezes se tornava verdade”. Era o que dizia o senhor Goebbels, o sinistro ministro da propaganda de Hitler. Pinto da Costa, há anos que lê da mesma cartilha e usa os mesmos métodos. Por exemplo, à força de repetir que o “seu” clube foi fundado em 1893, quando na verdade foi fundado apenas em 1906. (comprovar aqui - e no video)
O Sr. Pinto da Costa montou uma ficção e vive nela. Ao contrário dos rivais de Lisboa, que escolheram animais existentes para símbolo dos seus clubes (a águia e o leão), o Sr. Pinto da Costa inventou um animal mitológico e faz crer aos portistas que ele existe: um dragão! Ora os dragões têm referido repetidamente que o Benfica ganhava sempre no passado porque era “o clube do Regime”, e agora o seu Chefe chegou ao desplante de dizer que era “o clube do Fascismo”! A calúnia é crime, meus senhores, e o Benfica devia pôr um proc…

O túnel da Madalena - O túnel da corrupção!

O túnel da “Madalena”, cujo início da construção data de meados da década de 80 do século passado, é uma cópia fiel, mas muito mais refinada, de um, bem mais antigo, o das Antas - esse túnel tenebroso onde se simulava a sodomização dos árbitros e que foi um altar de mêdo, boçalidade, coacção e violência.

Um túnel apetrechado com um sistema de fios condutores “com tecnologia de ponta”, onde todas as chamadas telefónicas partiam ou chegavam à cabine controleira de Giorgio.

Augusto Duarte e António Araújo, suspeitos aventureiros da noite, atravessaram-no, seguindo sempre, sempre em frente, e numa escuridão total, sem um único clarão, trouxeram do seu interior o envelope mágico, uma simples folha de papel que à luz do dia se transformou em cinco notas de quinhentos euros.

Jacinto Paixão, José Chilrito e Manuel Quadrado provaram no lusco-fusco desse túnel, os sabores de sexo oferecido, numa volúpia louca e corrupta de triste desfecho.

Martins dos Santos, ao palmilhá-lo com subserviência dur…

Amigos, é ainda PIOR !!

Afinal não era a troika, é o bando dos quatro: o cancro, o ministro, o pusilânime... e o corrupto!!


Agora sim, o quarteto está completo e não falta ninguém.. sim, nem a Judite de Sousa - aquela dos deveres conjugais, que privou o Seara (coitado) de assistir à final da Taça da Liga!. Mas que raio de benfiquista é este?!?
Adenda 1: Só falta mesmo o Pedro Proença! Adenda 2: Confirmação da noticia

António-Pedro Vasconcelos: Rival ou inimigo?

Perante o silêncio cúmplice com que a Direcção do SCP e a maioria dos comentadores afectos ao clube de Alvalade acompanharam, nestes últimos anos, os castigos do processo do Apito Final e as absolvições do Apito Dourado, muitas vezes me tenho perguntado: será que já não há sportinguistas decentes, que não confundem o RIVAL com o INIMIGO?





Nestes últimos anos, depois de Dias da Cunha ter denunciado o SISTEMA e ter chamado os bois pelos nomes, a cumplicidade com o FCP por parte das direcções que se lhe seguiram (Filipe Soares Franco e, agora, Bettencourt) foi demasiado evidente: o inimigo era o Benfica e tudo o que servisse para atacar o Glorioso era bem-vindo, nem que para isso tivessem que pactuar com a batota e associar-se ao clube cujo presidente se gaba de ter deixado Bettencourt de mão estendida e lhes levou o Ruben Micael, o Moutinho e mesmo o treinador que eles julgavam que iam exibir este ano como um D. Sebastião: o Villas-Boas. E tudo o Porto levou!

A cumplicidade era tão gran…

Obra-prima de Talisca

Benfica 1-0 Rio Ave

«Bruno de Carvalho devia ir para o manicómio» Dias da Cunha

Dias da Cunha disse, nesta quinta-feira, que Bruno de Carvalho "devia ir para o manicómio". Em declarações à Antena 1, o ex-presidente do Sporting considera que a ida de Jorge Jesus para o Sporting é "absolutamente inacreditável".