Benfica TV em Grande! - Master Groove
Avançar para o conteúdo principal

Benfica TV em Grande!

O presidente do FCP disse que o clube da Luz pensa que está "acima da lei", e a esse propósito, assisti esta noite a uma excelente iniciativa da BenficaTV, ao brindar, merecidamente, o telespectador Pinto da Costa com parte desta escuta. O genial telespectador estava mesmo a pedi-las.

Partilhe este artigo

Anterior
Prev Post
Seguinte
Next Post
Comentários
3 Comentários

Comentários Blogger

  1. ehehehe

    toma e embrulha, ó corrupto mor

    ResponderEliminar
  2. Palavras de Herminio Loureiro e qual é a conclusão a que chegamos???
    Esse clube estragou o futebol em portugal, vejam a seguinte entrevista e tirem as vossas conclusões!!!!

    Em entrevista ao Sol, o antigo presidente da Liga de Clubes, Hermínio Loureiro, denuncia pressões do FC Porto para “correr” com Ricardo Costa da Comissão Disciplinar. Uma entrevista imperdível...
    Hermínio Loureiro deixou a Liga e concedeu uma entrevista ao Semanário Sol. As palavras do ex-presidente da Liga de Clubes tiveram pouco eco, o que não condiz com a gravidade de algumas afirmações. O Mentira Desportiva dá eco dessas palavras, que ficam assim eternizadas no espaço que eterniza a corrupção do FC Porto, as pressões e os agentes fiéis que agem em nome do clube.
    A pergunta do jornalista Luís Rosa: “Valentim Loureiro ou Pinto da Costa nunca lhe disseram para controlar o que Ricardo Costa (presidente da Comissão Disciplinar da Liga) andava a fazer?”
    A resposta: “A única pessoa que me falou do Ricardo Costa foi o Adelino Caldeira, vice-presidente do FC Porto, a 3 de Setembro de 2008, num almoço no restaurante Lusíadas, em Matosinhos. Ele foi clarinho e apreciei a frontalidade. Disse-me: ‘Meu caro, ou você corre com o Ricardo Costa e tem a vida facilitada ou vamos fazer-lhe a vida negra’. Certo é que não mudei a orientação de total autonomia que dei desde o início à Comissão Disciplinar.

    (Continuação)

    ResponderEliminar
  3. (Continuação)

    Desde esse dia que percebi que me iam fazer a vida negra e fizeram.
    E porque quereria o FC Porto afastar Ricardo Costa? [a pergunta parece inocente, mas terá de ser feita para se obter o testemunho de Hermínio]. “Tem a ver com as decisões disciplinares do Apito Dourado, como é evidente”, respondeu. Hermínio Loureiro contou que Filipe Soares Franco, ex-presidente do Sporting, “também várias vezes sugeriu” que o presidente da Liga “substituísse o Vítor Pereira”.
    Mas o episódio com Adelino Caldeira teve repercussões. Hermínio Loureiro manteve-se inflexível e gerou ódio no FC Porto. “A partir desse momento, aconteceram coisas absolutamente artificiais como a novela da entrega do troféu de campeão que levou o Porto a escrever uma carta ao secretário de Estado do Desporto a fazer queixa da Liga. O barulho que fizeram!”, conta Hermínio Loureiro.
    O ex-dirigente da Liga lamenta que tenha passado a imagem de que a Liga não queria entregar o troféu ao FC Porto e fala de indisponibilidade do clube: “Esteve marcada a cerimónia e essa entrega não foi feita porque Pinto da Costa tinha casamento marcado com a senhora Filomena. Obviamente, se o presidente do Porto não estava presente, a Liga não ia fazer essa entrega. E Tiago Craveiro, secretário-geral da Liga, várias vezes falou com Antero Henriques (director do FC Porto) para tentar marcar uma data para a entrega do troféu, mas nunca havia disponibilidade. Criou-se a ideia de que a Liga não queria entregar o troféu ao Porto – isto cabe na cabeça de alguém?”
    A entrega da taça acabou por acontecer, com episódios surreais... “Lembro-me também que, quando saí da sala para entregar o troféu, ouvi um diligente funcionário do Porto a dizer: ‘Desliguem a música! Desliguem a música!’. Era para se ouvirem melhor os assobios. Nunca vi entregar um troféu sem música. Foi original. Foi claramente uma história montada para criar problemas e desgaste, para fazer com que eu não fosse entregar o troféu. Para depois me acusarem de lá não ter ido. As pessoas conheciam-me mal.”
    O Conselho de Justiça da Federação decide reduzir a suspensão aplicada pela Liga a Hulk e a Sapunaru e Loureiro demitiu-se: “Assumi as minhas responsabilidades. Não sendo jurista, entendi como uma enormidade a desproporção dos castigos aplicados aos jogadores Hulk e Sapunaru pela Comissão Disciplinar e pelo Conselho de Justiça. Não podemos confundir três jogos com quatro meses”, justifica.
    Esta demissão “foi um grito de revolta”, mas também ela assenta em histórias estranhas. Foi Pinto da Costa quem deu conhecimento a Hermínio Loureiro da decisão do Conselho de Justiça, muito antes da mesma ser tornada pública...
    “Sabe quem é que me ligou a dar nota da decisão do Conselho de Justiça? Não imagina. Foi Jorge Nuno Pinto da Costa. Fez questão de ligar-me para dizer qual tinha sido a decisão do Conselho de Justiça. Esta é a parte que posso contar desse telefonema”, revela Hermínio.
    O então presidente da Liga garante que não sabia de nada... “Não estou com isto a dizer que o presidente do Porto tivesse tido acesso a inside information. Estava dentro do carro, e recebi um telefonema de um número que não tinha gravado. Atendi e ouvi: ‘Daqui fala Jorge Nuno Pinto da Costa, presidente do FC Porto’. E transmitiu-me a decisão do Conselho de Justiça e depois disse-me um conjunto de coisas que não posso tornar públicas”.
    “Porquê? Não são reproduzíveis?”, questiona o jornalista do Sol. “Não posso, não devo. Sei o que é publicável e transmissível, e o que não é. A partir desse momento, procurei confirmar a informação, pois havia muita contra-informação a circular – a RTP chegou a noticiar uma coisa à hora de almoço que não se veio a confirmar. Mais tarde, o secretário-geral da Liga de Clubes confirmou-me a decisão. Perante esta situação, ponderei sozinho algumas horas e decidi renunciar ao cargo de presidente da Liga de Clubes. Informei os meus colaboradores e solicitei a todos os titulares de cargos nos órgãos da Liga que se mantivessem em funções para manter a normalidade”.
    E assim vai o futebol português...


    JMPF

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares

«Temos o inimigo dentro de portas»

Não carece de demonstração que o Benfica tem um duplo problema institucional; ao nível desportivo e ao nível do Estado. (António Barreto)




O critério da competência no recrutamento deve ser condicionado a demonstração de lealdade. E mesmo assim, deve ter-se em conta o impacto entre os adeptos. Recrutar para o clube pessoas que no passado lhe fizeram mal, não é sensato; mina a confiança e a coesão dentro e fora da estrutura.

Há muito que paira no ar a ideia de que há "submarinos" no Clube/SAD. Porém, lembremo-nos que Joaquim Oliveira tem assento no Conselho de Administração da SAD, por isso, está ao corrente de tudo o que se passa nela. Recomendaria proceder-se ao aumento de capital da SAD de forma a que JO, perdesse essa prerrogativa.

Temos o inimigo dentro de portas. Tínhamos outro, o BES.

Posto isto, não carece de demonstração que o Benfica tem um duplo problema institucional; ao nível desportivo e ao nível do Estado. Perante os ataques infames ao Benfica, de múltiplas fren…

Espiões no Benfica! Chamem a Policia do Porto

O Benfica continua a ser devassado! Foram divulgados, esta tarde, os contratos de trabalho de Castillo e Ferreyra!




Chamem a Policia!

Foi Pedroto que criou o «caso Calabote»

FC Porto: Mestres da mentira José Maria Pedroto era mestre do disfarce. Criava uma cortina de fumo à volta de um assunto sem nexo, para "trabalhar" noutro! Foi assim que criou o «caso Calabote», em final dos anos 80, para encobrir a vergonha do FC Porto estar a ser escandalosamente beneficiado.



Durante 20 anos ninguém se lembrou de Calabote, porque nada se passara e o FC Porto foi campeão.

Em 1977, quando o Benfica começou a contestar os favores (descarados) ao FC Porto nesse campeonato de 1977/78, o treinador do FCP, José Maria Pedroto (tal como o jogador António Oliveira), respondiam sempre da mesma forma: "O que vocês queriam era o Calabote!".  E como já ninguém se lembrava do que se passara, foi fácil enganar as pessoas, até porque ele (eles) não diziam a que jogo se estavam a referir. 
Foram alguns - principalmente Pôncio Monteiro - que começaram a inventar, dando a entender que o Calabote beneficiava o Benfica em todos ou em muitos jogos: penáltis a favor e n…

As respostas aos e-mails

A tónica das mensagens que empolgam Jota Marques é invariavelmente de um pobre diabo a mendigar bugigangas mas não tem sido revelado o passo seguinte, se o Benfica satisfaz a pedincha - e é muito importante sabê-lo para formar uma acusação.



As respostas aos e-mails

Desde o início das fugas dos emails do Benfica me tem intrigado que nunca sejam divulgadas as respostas. A tónica das mensagens que empolgam Jota Marques é invariavelmente de um pobre diabo a mendigar bugigangas, a troco de informações básicas, mas não tem sido revelado o passo seguinte, nomeadamente se o Benfica satisfaz a pedincha - e é muito importante sabê-lo para formar uma acusação.

A última é do ex-árbitro Adão Mendes a pedir uma camisola e um livro com dedicatória, num embrulho à parte, para oferecer ao pai de um observador de arbitragem, ex-árbitro internacional, aliás. Mas agora desconhecemos se o Benfica enviou o pacote ou não e isso é muito frustrante.
Ontem, era o delegado Nuno Cabral a pedir um aumento de avenç…

Francisco J. Marques, os teus e-mails são meus

Francisco J. Marques, achas mesmo que tens o direito, a legitimidade, ou apenas a moralidade para usar a minha caixa de correio electrónico, e desatar a ler os meus e-mails num programa de TV? A sério? Então por que não fazes o mesmo com a tua caixa de correio electrónico?


hseneca@exameinformatica.pt
Francisco J. Marques, os teus e-mails são meus
Como não sou exibicionista, vou poupar pormenores sobre aquilo que se pode encontrar na minha caixa de e-mail profissional:

- Alguns e-mails de pessoas que me deram informação sob anonimato;

- Um ou outro secretário de estado; e penso que até um ministro antes de o ser;

- Pouco mais de uma dezena de mensagens onde descomponho alguém que me pareceu incompetente na hora de me dar informação e um pouco mais de uma dezena de e-mails em que essas pessoas justamente me retribuem na mesma moeda;

- Alguns poemas ridículos que me hão de envergonhar até ao último torrão de terra cair sobre o meu caixão;

- Cartas para os meus filhos e para a mãe dos meus…

«Exactamente. Fomos avisados pela própria Policia Judiciária»

FC Porto, 30 anos a ganhar à custa de expedientes irregulares.  Revelações da ex-companheira de Pinto da Costa



Quem é que avisou?
"Foi um elemento da Policia Judiciária, amigo do irmão de Reinaldo Teles"

"Ele [o árbitro, Augusto Duarte] foi pago para o Porto ganhar e o Benfica perder. E fomos campeões". (...) "O Mourinho ganhou tudo, mas não ganhou sozinho. Ganhou, comprando os árbitros", disse o Jorge Nuno.

Confissão do ex-árbitro Jacinto Paixão: "É verdade que o FCPorto nos ofereceu raparigas como era habitual fazer.."

FC Porto: ALDRABAR é um modo de vida

Quem manipula fotografias, manipula tudo: jogos, classificações, competições, árbitros, adversários, jornais, rádios & televisões, tudo, mesmo tudo!



Estão tão habituados a viciar e manipular, anos-e-anos-a-fio com impunidade, que para eles é natural aldrabar. É um modo de vida. Faz parte deles. Há quem queira e seja honesto. Estes são desonestos, aldrabões e trafulhas. Uma máquina a fazer o mal. (Miguéns)

«Esta ninguém me apaga!» Carolina Salgado



Depois de ter sido apagada da foto onde aparecia na comitiva que foi recebida pelo Papa João Paulo II, e que agora está em exposição do Museu do FC Porto, a ex-companheira de Pinto da Costa, Carolina Salgado, colocou no Facebook uma imagem em resposta ao líder portista: "Esta ninguém me apaga", escreveu.

Veja: O túnel da Madalena - Um túnel projectado até ao Vaticano, que ludibriou o Papa e os seus conselheiros.

O túnel da Madalena

Dizem que em dias gloriosos e radiosos, aparecem nos fundos daquela autêntica catacumba submundana, figuras fantasmagóricas – Abel “O Guarda” e “sus muchachos”. Ouvem-se rajadas de metralhadora…



O túnel da “Madalena”, cujo início da construção data de meados da década de 80 do século passado, é uma cópia fiel, mas muito mais refinada, de um, bem mais antigo, o das Antas - esse túnel tenebroso onde se simulava a sodomização dos árbitros e que foi um altar de medo, boçalidade, coacção e violência.

Um túnel apetrechado com um sistema de fios condutores “com tecnologia de ponta”, onde todas as chamadas telefónicas partiam ou chegavam à cabine controleira de Giorgio.

Augusto Duarte e António Araújo, suspeitos aventureiros da noite, atravessaram-no, seguindo sempre, sempre em frente, e numa escuridão total, sem um único clarão, trouxeram do seu interior o envelope mágico, uma simples folha de papel que à luz do dia se transformou em cinco notas de quinhentos euros.

Jacinto Paixão, José Chil…

Manuel Queiroz apanhado a mentir é arrasado em directo

Para Manuel Queiroz (presidente do CNID - Clube Nacional Imprensa Desportiva), o jogo Marítimo-Benfica, da época 2015/16, "foi estranho e levantou logo suspeitas porque Fransérgio jogou a ponta de lança". Entretanto, já o programa ia a meio, Queiroz recebeu uma resposta surpreendente.

imagem fonte:zerozero


Nota: Ninguém fala das poupanças do Marítimo contra o SCP (5 titulares no banco) para poderem defrontar o Benfica na jornada seguinte. 400.000 euros explicam essa estranheza. Também ninguém fala das 5 derrotas do Marítimo nas últimas 6 jornadas desse campeonato... (Rui Faria)

Verdades que as 'Virgens ofendidas' do Sporting merecem ouvir

Telespectador aviva a memória das 'Virgens ofendidas' do Sporting.



O telespectador Eugénio Matos, esta manhã no Opinião Pública SIC Noticias, disse muito do que tem de ser dito aos sportinguistas: "Todos têm responsabilidades, mas há muita gente a querer tirar o cavalo da chuva" "Agora estes senhores sofrem todos de Alzheimer?"