Grande Resposta no Jornal O Público - Master Groove
Avançar para o conteúdo principal

Grande Resposta no Jornal O Público

NO PUBLICO DO TIO BELMIRO,  ARROTA UM JUNTA-LETRAS !!


Na pasquinada do tio Belmiro, um mérdia onde abundam junta-letras avençados que adoram meter o nariz no cu do mafioso e corrupto quando este se peida, em vez de, darem umas fumaças como fazia a Creolina, entreteve-se a arrotar com as patas de cima umas quantas alarvidades sobre o nosso GLORIOSO, respeitante ao jogo de ontem à noite contra os Alemães. (aqui)
Para se poder aquilatar os arrotos do avençado arrotador, leiam o que escreve um dos nossos nesse tal Publico...e logo quem...este JOHN Holmes dá cá cada e$#/badela  aos avençados:

John Holmes, Lx. 18.02.2011 11:09
De um anti-benfiquista é normal ouvir-se que "o Jesus disse que ia ganhar esta época a Champions". De um jornalista, não. 
É que Jesus disse sim que um dia (repito, UM DIA) ganharia uma Liga dos Campeões, fosse no Benfica ou noutro clube.
Mas o Público já nos habituou a artigos escritos com camisolas do FCP e SCP, normalmente ou se enaltece o Benfica (quando ganha) ou se dá "pontapés no estômago" quando está em baixo. Nada de novo portanto. A novidade aqui é que o Benfica ganhou mesmo. E pelo que fez na 2ª parte, o resultado pecou por escasso.
Tanto palavreado do jornalista e nem uma linha para a exibição do guarda-redes alemão, que fez 3 ou 4 defesas extraordinárias a remates de Aimar, Gaitán e Filipe Menezes.
Tanto palavreado e nem uma menção à 2ª parte de alto nível do Benfica, em contraste com uma primeira parte sofrível (isto sim, já menciona, claro!) 

Em 10 parágrafos, utiliza 4 para falar do Schalke, da ajuda do Lyon e das palavras deturpadas de Jesus (acerca de ganhar a Champions). E ainda afirma que estavam cerca de 35.000 espectadores, quando o número oficial ultrapassou os 44.000.
Bravo senhor Filipe Escobar Lima, é isto que se quer de um jornalista!

A este JUNTA-LETRAS ajumentado, também achei por bem ir lá dar-lhe um respeitoso abraço com a mais elevada estima e consideração....como poderão constatar:

Viriato de Viseu, Viseu. 18.02.2011 12:31
Este Escobar tem tudo para ser um imbecilóide. Nome de traficante (escobar) cruzado com o do corrupto (Lima) Este artigo se fosse escrito pelo Aldeias-Reles, Guedeslhudo, Talibam Tabares, Fui Moreira e de outros adeptos de mafiosos, não teria sido escrito assim, tão anti-benfiquista.
(in EDdG)

Partilhe este artigo

Anterior
Prev Post
Seguinte
Next Post
Comentários
3 Comentários

Comentários Blogger

  1. Master, topa aí o que eu logo de manhã escrevi e o "Viriato" comentou:

    http://oanarcobenfiquista.blogspot.com/2011/02/ao-intervalo-ja-os-abutres.html

    ResponderEliminar
  2. Ahahahah! O comentário do amigo Viriato já tinha lido, mas esse do Holmes não e está fantástico!
    Esse Escobar quando voltar a escrever do Benfica vai concerteza pensar melhor antes de o fazer. A menos que não tenha um pingo de vergonha na cara!

    Abraço amigo Master!

    ResponderEliminar
  3. Comentários a Artigos do PÚBLICO
    http://static.publico.pt/docs/emailForm/index.asp

    Director
    PÚBLICO
    Rua Viriato, 13
    1069-315 Lisboa
    Fax: 210.111.006 (Direcção Editorial)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares

Manuel Queiroz apanhado a mentir é arrasado em directo

Para Manuel Queiroz (presidente do CNID - Clube Nacional Imprensa Desportiva), o jogo Marítimo-Benfica, da época 2015/16, "foi estranho e levantou logo suspeitas porque Fransérgio jogou a ponta de lança". Entretanto, já o programa ia a meio, Queiroz recebeu uma resposta surpreendente.

imagem fonte:zerozero


Nota: Ninguém fala das poupanças do Marítimo contra o SCP (5 titulares no banco) para poderem defrontar o Benfica na jornada seguinte. 400.000 euros explicam essa estranheza. Também ninguém fala das 5 derrotas do Marítimo nas últimas 6 jornadas desse campeonato... (Rui Faria)

Verdades que as 'Virgens ofendidas' do Sporting merecem ouvir

Telespectador aviva a memória das 'Virgens ofendidas' do Sporting.



O telespectador Eugénio Matos, esta manhã no Opinião Pública SIC Noticias, disse muito do que tem de ser dito aos sportinguistas: "Todos têm responsabilidades, mas há muita gente a querer tirar o cavalo da chuva" "Agora estes senhores sofrem todos de Alzheimer?"

Francisco J. Marques, os teus e-mails são meus

Francisco J. Marques, achas mesmo que tens o direito, a legitimidade, ou apenas a moralidade para usar a minha caixa de correio electrónico, e desatar a ler os meus e-mails num programa de TV? A sério? Então por que não fazes o mesmo com a tua caixa de correio electrónico?


hseneca@exameinformatica.pt
Francisco J. Marques, os teus e-mails são meus
Como não sou exibicionista, vou poupar pormenores sobre aquilo que se pode encontrar na minha caixa de e-mail profissional:

- Alguns e-mails de pessoas que me deram informação sob anonimato;

- Um ou outro secretário de estado; e penso que até um ministro antes de o ser;

- Pouco mais de uma dezena de mensagens onde descomponho alguém que me pareceu incompetente na hora de me dar informação e um pouco mais de uma dezena de e-mails em que essas pessoas justamente me retribuem na mesma moeda;

- Alguns poemas ridículos que me hão de envergonhar até ao último torrão de terra cair sobre o meu caixão;

- Cartas para os meus filhos e para a mãe dos meus…

«Exactamente. Fomos avisados pela própria Policia Judiciária»

FC Porto, 30 anos a ganhar à custa de expedientes irregulares.  Revelações da ex-companheira de Pinto da Costa



Quem é que avisou?
"Foi um elemento da Policia Judiciária, amigo do irmão de Reinaldo Teles"

"Ele [árbitro] foi pago para o Porto ganhar e o Benfica perder. E fomos campeões."

Confissão do ex-árbitro Jacinto Paixão: "É verdade que o FCPorto nos ofereceu raparigas como era habitual fazer.."

«Não dou nenhuma credibilidade à reportagem da SIC» Rui Gomes Silva

Em seis minutos Rui Gomes Silva desmonta a peça da SIC sobre corrupção desportiva.




Rui Gomes Silva analisa a reportagem da SIC assinada pelo jornalista Gonçalo Azevedo Ferreira. No programa O Dia Seguinte, Gomes da Silva começou por dizer categoricamente: "Com todo o respeito pela SIC, não dou nenhuma credibilidade à reportagem".